Médicos retomam negociações com Ministério da Saúde

por Teresa Mendes | 03.12.2018

Fnam destaca ambiente de «cordialidade e frontalidade»
A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) destaca o ambiente de «cordialidade e frontalidade» da primeira reunião negocial com a ministra da Saúde, Marta Temido, que decorreu esta sexta-feira, dia 30 de novembro, também com a presença do Sindicato Independente dos Médicos (SIM).

Segundo um comunicado, na reunião estiveram, além da ministra, duas assessoras, o presidente da Fnam, João Proença, e o secretário-geral do SIM, Roque da Cunha.

De acordo com a nota à Imprensa, «ficou definida a resolução de problemas dos cadernos reivindicativos a resolver dentro da legislatura», entre os quais o descongelamento da progressão salarial (incluindo médicos que transitam para as 40 horas); a passagem das 200 para as 150 horas anuais em Serviço de Urgência, em igualdade com os restantes trabalhadores da Função Pública (FP); a abertura de concursos de mobilidade hospitalar e aplicação das mesmas condições de mobilidade para a Medicina Geral e Familiar em CIT e em CTFP; a colocação em concurso das vagas ocupadas por médicos reformados ou o suplemento de autoridade de saúde para os médicos de Saúde Pública.

A Federação Nacional dos Médicos destaca o ambiente de «cordialidade e frontalidade» da primeira reunião negocial com a ministra da Saúde, Marta Temido, que decorreu esta sexta-feira, dia 30 de novembro, também com a presença do Sindicato Independente dos Médicos 

O comunicado refere ainda que o restante caderno reivindicativo terá uma calendarização com a constituição de mesas negociais na próxima reunião, que já está marcada para o próximo dia 21 de dezembro.

18tm49d
03 de Dezembro de 2018
1849Pub2f18tm49d

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

16.09.2019

Bastonária da OE chama Miguel Guimarães para ser ouvido no caso da sindicân...

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, quer incluir, como testemunhas, o ex-mi...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 1.ª Edição Hot Topics em Hepatologia

Vai decorrer, no dia 11 de outubro, na Ordem dos Médicos, em Vila Real, a 1.ª edição dos Hot Topics...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Pela primeira vez em seis meses, a dívida à Indústria Farmacêutica diminuiu

Pela primeira vez em seis meses, o valor da dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Ordem celebra 80 anos com coleção de fac-similadas de autores médicos

 A Ordem dos Médicos (OM) convida todos os profissionais a vir conhecer, na próxima segunda-feira, d...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Literacia em Saúde: DGS lança Manual para capacitação dos profissionais

No âmbito do Plano de Ação para a Literacia em Saúde 2019/2012, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lanço...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Demitem-se dez chefes de equipa de urgência do Hospital Garcia de Orta

Demitiram-se dez chefes de equipa de urgência do Hospital Garcia de Orta, em Almada, segundo a Socie...

por Teresa Mendes | 12.09.2019

 SPP recomenda aos médicos que reportem os casos suspeitos em Portugal

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) recomenda aos médicos que passem a comunicar os casos de...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.