LPCC lança novo serviço de apoio domiciliário

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 04.12.2018

Projeto piloto arranca na zona metropolitana da cidade de Lisboa
O Núcleo Regional do Sul (NRS) da Liga Portuguesa Contra o Cancro (LPCC) vai lançar um novo serviço humanitário e de apoio social aos doentes oncológicos e respetivas famílias ou cuidadores, nas suas residências.
O projeto piloto arranca na zona metropolitana da cidade de Lisboa, amanhã, dia 5 de dezembro, no Dia Internacional do Voluntariado.

Uma equipa de dois voluntários, com experiência nos diversos serviços de voluntariado hospitalar e com formação específica adequada, vai visitar os doentes oncológicos nas suas residências, onde também prestam auxílio aos seus familiares e/ou cuidadores.

Num comunicado, é explicado que o novo serviço tem como objetivo «estar mais próximo do doente ao nível das atividades lúdicas e de companhia: conversar; ler; ver filmes; jogar jogos de tabuleiro/cartas, contar histórias, entreter», bem como «promover o descanso do familiar e/ou cuidador, muitas vezes sobrecarregado».

O projeto-piloto vai funcionar na zona metropolitana da cidade de Lisboa, de segunda a sexta-feira, entre as 10h00 e as 20h00 horas, com visitas com a duração máxima de 2 horas.

Uma equipa de dois voluntários, com experiência nos diversos serviços de voluntariado hospitalar e com formação específica adequada, vai visitar os doentes oncológicos nas suas residências, onde também prestam auxílio aos seus familiares e/ou cuidadores

Os cerca de 20 voluntários formados para dar início a este novo serviço – em fase de projeto piloto mas que pode vir a alargar-se de acordo com as solicitações – prestam também informações acerca dos vários serviços promovidos pelo NRS da LPCC, fora do ambiente hospitalar (Apoio Jurídico, Consultas de Psico-Oncologia, entre outros).
Inclusivamente, podem fazer o encaminhamento e/ou agendamento de acesso a estes serviços.

Os voluntários também estão preparados para apoiar os doentes/familiares no preenchimento e processamento de documentação.

Mais informações em https://www.ligacontracancro.pt/

18tm49G
04 de Dezembro de 2018
1849Pub3f18tm49G

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 15.02.2019

Fnam pede intervenção do CNS para reformular organização dos hospitais 

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) apela ao presidente do Conselho Nacional de Saúde (CNS) para...

15.02.2019

 Ministério da Saúde vai abrir novas convenções na área da hemodiálise

O Ministério da Saúde vai abrir novas convenções com prestadores para a área da hemodiálise, esperan...

por Teresa Mendes | 15.02.2019

Publicado o primeiro manual de apoio à pessoa com doença rara

As pessoas com doença rara têm, pela primeira vez, acesso a um manual de apoio, que compila informaç...

por Teresa Mendes | 14.02.2019

Desde 2013 que o SNS não fazia tão poucas cirurgias

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) registou um aumento da atividade assistencial em 2018, quer no núm...

por Teresa Mendes | 14.02.2019

O BREXIT explicado às empresas do setor da Saúde

Para esclarecer a questão do BREXIT às empresas portuguesas do setor da Saúde, a AICEP organiza, em...

14.02.2019

 Spray nasal para tratar depressão recomendado pela FDA

O Comité Consultivo da FDA recomendou esta terça-feira a aprovação do Spravato™(esketamina), um spra...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.