Ordem dos Enfermeiros abandona Convenção Nacional de Saúde

por Teresa Mendes | 11.12.2018

Comunicado defende que reflexão está feita e que «a hora é de agir»
A Ordem dos Enfermeiros (OE) decidiu abandonar a Convenção Nacional de Saúde (CNS) por considerar que o seu propósito já foi cumprido e que «a hora é de agir», uma vez que a reflexão sobre o sector «está feita». 

«Neste momento, consideramos a situação do Serviço Nacional de Saúde (SNS) demasiado grave, nomeadamente a greve cirúrgica dos enfermeiros, para continuarmos em iniciativas que denominamos de “Portugal sentado”», lê-se num comunicado divulgado esta segunda-feira pela OE.

Recorde-se que a CNS, constituída por dezenas de entidades, foi criada este ano e promoveu em junho uma conferência que pretendeu estabelecer uma agenda para o sector da saúde na próxima década.
As conclusões da Convenção vão ser entregues esta semana ao Presidente da República.

«Neste momento, consideramos a situação do Serviço Nacional de Saúde (SNS) demasiado grave, nomeadamente a greve cirúrgica dos enfermeiros, para continuarmos em iniciativas que denominamos de “Portugal sentado”», argumenta a OE 

Na nota à Imprensa, a OE defende que «não é altura de continuarmos preocupados em encontrar altos comissários que digam junto do senhor Presidente da República o que estamos todos fartos de repetir» e que «a iniciativa de indicar um alto comissário para a Convenção, quando já existe um chairman e um porta-voz, é continuar a partidarizar uma discussão que tem de ser livre e fora da caixa».

18tm50E
11 de Dezembro de 2018
1850Pub3f18tm50E

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

19.06.2019

Texto da nova Lei de Bases da Saúde fica sem referências às PPP

O grupo de trabalho que discute a nova Lei de Bases da Saúde no Parlamento chumbou esta terça-feira...

por Teresa Mendes | 19.06.2019

 «Na saúde não chega fazer muito... tem que se fazer bem»

«O sistema de saúde é complexo e não pode ser objeto de intervenções pouco pensadas, sujeitas a imed...

por Teresa Mendes | 19.06.2019

 7.ª Edição do Prémio Maria José Nogueira Pinto conta com mais de 100 candi...

São mais de 100 as candidaturas recebidas pelo comité da 7.ª Edição do Prémio Maria José Nogueira Pi...

por Teresa Mendes | 19.06.2019

 «Beyond Cervical Cancer» é o mote do «HPV Clinical Cases»

A MSD Portugal está a promover o «HPV Clinical Cases», uma iniciativa que tem como objetivo «reunir,...

por Teresa Mendes | 18.06.2019

Aumento da mortalidade materna e infantil são reflexo da falta de especiali...

A Ordem dos Médicos (OM) defende a necessidade de alterar urgentemente a forma e os prazos dos concu...

por Teresa Mendes | 18.06.2019

 Candidaturas ao Prémio Nacional de Saúde 2019 abertas até 30 de junho

Decorrem, até 30 de junho, as candidaturas Prémio Nacional de Saúde 2019.<br /> Este galardão atrib...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.