OMS promove «Antimicrobial Stewardship: A competency-based approach» 

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 17.12.2018

Infarmed e OM convidam médicos a realizar curso sobre antibioticoterapia
O Infarmed e a Ordem dos Médicos associam-se na divulgação do curso online gratuito promovido pela Organização Mundial da Saúde (OMS), «Antimicrobial Stewardship: A competency-based approach», que pretende contribuir para melhorar a prescrição e a utilização de antibióticos, recorrendo a cenários comuns da prática clínica.

De acordo com os dois organismos, este curso, com a duração aproximada de 8 horas, tem como objetivo «equipar os médicos que frequentemente prescrevem antimicrobianos com conhecimentos e ferramentas para melhorar o uso desses medicamentos essenciais na prática clínica diária».

«Através de exemplos baseados em casos reais, o curso destacará como os princípios de administração antimicrobiana podem ser aplicados a cenários clínicos comuns», lê-se no comunicado publicado no site da Ordem dos Médicos.

Segundo a Ordem dos Médicos e o Infarmed, este curso, com uma duração aproximada de 8 horas, tem como objetivo «equipar os médicos que frequentemente prescrevem antimicrobianos com conhecimentos e ferramentas para melhorar o uso desses medicamentos essenciais na prática clínica diária»

Esta ação surge no seguimento da comemoração do Mês do Antibiótico (novembro de 2018) durante o qual a Direção-Geral da Saúde e o Infarmed levaram a cabo um conjunto de ações no âmbito do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobianos (PPCIRA) tendo uma delas sido as IV Jornadas do Programa de Prevenção e Controlo de Infeções e de Resistência aos Antimicrobiano, onde este curso foi também apresentado.

As duas entidades recordam que em Portugal, «entre janeiro e junho de 2018, observou-se um aumento do consumo de antibióticos de 9,2% (comparativamente ao período homólogo) e um aumento de 6,7% da utilização de antibióticos de largo espectro» e que «apesar do nível de utilização de antibióticos em ambulatório estar perto da média europeia, Portugal continua a ser dos países com um rácio da utilização de antibióticos de largo espectro mais elevado».

Mais informações sobre o curso aqui 

18tm51d
17 de Dezembro de 2018
1851Pub2f18tm51d

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Daniel Ferro substitui Carlos Martins à frente do CHULN

Daniel Ferro, atual presidente do conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, vai substitu...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Centro Hospitalar do Oeste está «refém de prestadores de serviço»

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é a terceira unidade de saúde do país com maior volume de horas c...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

 SIM acusa Governo de não resolver a «situação crítica» no INML

No dia da abertura do ano judicial o Sindicato Independente dos Médicos (SIM) deixou um apelou ao Go...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.