«A cardiologia de intervenção ficou mais pobre»

por Teresa Mendes | 25.12.2018

Morreu o Cardiologista Ricardo Seabra Gomes 
O cardiologista Ricardo Seabra Gomes, responsável pela primeira angioplastia coronária em Portugal, morreu esta segunda-feira, anunciou a Sociedade Portuguesa de Cardiologia (SPC).

«A cardiologia de intervenção ficou mais pobre, mas todos mais ricos por termos tido o privilégio de herdar o saber e a experiência do Prof. Seabra Gomes», diz a SPA num comunicado.

«Realizada em 1977 pelo médico Andreas Gruentzig, em Zurique, em Portugal o médico pioneiro foi Ricardo Seabra Gomes, que, em 1984, fez a primeira angioplastia, o que foi considerado uma verdadeira revolução na medicina», lê-se na nota de pesar emitida pela Sociedade

À TSF, o Presidente da SPC, João Morais disse que a morte de Ricardo Seabra Gomes, representa o desaparecimento de um nome ímpar na Cardiologia em Portugal.

«A cardiologia de intervenção ficou mais pobre, mas todos mais ricos por termos tido o privilégio de herdar o saber e a experiência do Prof. Seabra Gomes», diz a SPC num comunicado

«É uma referência na Cardiologia portuguesa e é-o, fundamentalmente, por um motivo: é talvez o pai da Cardiologia moderna. Tudo o que foi modernidade nos últimos 30 anos na Cardiologia portuguesa passou por Ricardo Seabra Gomes.

Era um visionário e tinha uma perspetiva muito ampla da Medicina», recordou João Morais.

Recorde-se que Ricardo Seabra Gomes foi coordenador nacional para as Doenças Cardiovasculares (2005-2008) e diretor do Departamento de Cardiologia do Hospital Santa Cruz (1984-2005).

Entre 1973 e 1978, foi investigador no National Heart Hospital e Cardiothoracic Institute, em Londres, e presidiu à Sociedade Portuguesa de Cardiologia entre 2001 e 2003.

O cardiologista foi também presidente da SPC, autor ou coautor de mais de 500 artigos científicos e teve quase 1200 resumos publicados.

18tm52e
26 de Dezembro de 2018
1852Pub4f18tm52e

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 21.03.2019

Infarmed aprova utilização de canábis para sete indicações terapêuticas

São sete as indicações terapêuticas para a utilização de medicamentos à base de canábis medicinal au...

21.03.2019

 Médicos alertam para rutura na Neonatologia da Maternidade Bissaya Barreto

O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) alertou esta quarta-feira para a rutura iminente no se...

21.03.2019

 Tutela estuda alargamento do cheque dentista a crianças menores de seis an...

O Ministério da Saúde está a estudar o alargamento dos cheques dentista a crianças menores de seis a...

20.03.2019

 APMGF teme que consultas por telemóvel aumentem as desigualdades

O presidente da Associação Portuguesa de Medicina Geral e Familiar (APMGF) critica a nova ferramenta...

20.03.2019

OM quer reunião urgente com ministra após «nível de desprezo» inédito

A Ordem dos Médicos (OM) pediu esta terça-feira uma reunião com caráter de urgência à ministra da Sa...

19.03.2019

 Consultar o doente pelo telemóvel vai ser uma realidade

Até ao final de junho a Serviços Partilhados do Ministério da Saúde (SPMS) vai começar a testar uma...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.