Enfermeiros  marcam nova «greve cirúrgica» nos blocos operatórios

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 27.12.2018

Nova paralisação pode durar de 14 de janeiro a 28 de fevereiro 
 A Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) e o Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) marcaram uma nova greve nos blocos operatórios com início para 14 de janeiro de 2019 e fim previsto para 28 de fevereiro.

O anúncio desta quarta-feira acontece num momento em que ainda decorre a «greve cirúrgica» dos blocos operatórios dos Centros Hospitalares Universitários do Porto, S. João, Coimbra, Lisboa Norte e no Centro Hospitalar de Setúbal, um protesto que vai terminar no final do ano.

À TSF, Carlos Ramalho, presidente Sindepor, explicou que se, até final de fevereiro, não houver acordo entre enfermeiros e Governo, a nova greve vai ocorrer noutros centros hospitalares, para evitar que sejam afetadas as mesmas populações (Centros Hospitalares do Porto, São João, Hospital de Braga, de Gaia-Espinho, Garcia da Horta e Centro Hospitalar da Feira).

A Associação Sindical Portuguesa dos Enfermeiros (ASPE) e o Sindicato Democrático dos Enfermeiros de Portugal (Sindepor) marcaram uma nova greve nos blocos operatórios com início para 14 de janeiro de 2019 e fim previsto para 28 de fevereiro 

Esta nova greve poderá ser desconvocada caso o Governo responda de forma positiva às reivindicações sobre as carreiras dos enfermeiros na próxima reunião agendada para dia 3 de janeiro com o Ministério da Saúde.

18tm52L
27 de Dezembro de 2018
1852Pub5f18tm52L

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Centro Hospitalar do Oeste está «refém de prestadores de serviço»

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é a terceira unidade de saúde do país com maior volume de horas c...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Cancro digestivo mata uma pessoa a cada hora em Portugal

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últ...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.