Sindicatos aconselham médicos a remarcar consultas

por Teresa Mendes | 27.12.2018

Falhas informáticas continuam 
Depois de o Sindicato Independente dos Médicos o ter feito no início de dezembro, a Federação Nacional dos Médicos (Fnam) aconselhou também, esta quarta-feira, os médicos a remarcarem consultas caso subsistam falhas informáticas nos centros de saúde que os impeçam de consultar o processo do doente ou passar uma receita ou um exame.

«Não dispondo o profissional das ferramentas indispensáveis que lhe permitam fazer o diagnóstico ou determinar a terapêutica adequada, podendo daí resultar um risco acrescido de erro médico, com claro prejuízo para o utente e para o próprio profissional, deve o médico remarcar a consulta dentro das disponibilidades das marcações já efetuadas», diz a Fnam num comunicado, que alerta para o «aumento do número de casos de falhas no sistema informático dos serviços de saúde, em particular nos centros de saúde».

Aquela estrutura sindical considera ainda que «os serviços centrais do Ministério da Saúde responsáveis por esta área funcional (SPMS) não podem continuar a ficar na impunidade, isentos de qualquer responsabilização».

Recorde-se que já em novembro a Ordem dos Médicos e a Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar tinham avisado para «sucessivas falhas» informáticas que penalizavam médicos e doentes nas consultas.

O comunicado pode ser lido na íntegra aqui

18tm52j
27 de Dezembro de 2018
1852Pub5f18tm52j

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Centro Hospitalar do Oeste está «refém de prestadores de serviço»

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é a terceira unidade de saúde do país com maior volume de horas c...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Cancro digestivo mata uma pessoa a cada hora em Portugal

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últ...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.