Prémio em Bioética João Lobo Antunes 

por Teresa Mendes | 28.12.2018

Candidaturas à primeira edição abrem a 1 de janeiro de 2019
A partir de 1 de janeiro de 2019 abrem as candidaturas à primeira edição do Prémio em Bioética João Lobo Antunes, um galardão que visa dinamizar a apresentação de estudos e trabalhos de investigação, originais e inovadores, em temas de Ética, nos domínios da Medicina, Saúde Pública, Saúde em geral, Biologia e Ciências da Vida. 

Ao prémio, que distingue João Lobo Antunes - personalidade que se destacou na área da ética, nos domínios da saúde, ciências da vida e investigação em biologia -, podem concorrer, na qualidade de primeiro autor, jovens com idade até 35 anos, nacionais ou estrangeiros, individualmente ou em coautoria.

Cada concorrente apenas poderá subscrever um trabalho, independentemente da qualidade de autoria ou coautoria.

A partir de 1 de janeiro de 2019 abrem as candidaturas à primeira edição do Prémio em Bioética João Lobo Antunes, um galardão que visa dinamizar a apresentação de estudos e trabalhos de investigação, originais e inovadores, em temas de Ética, nos domínios da Medicina, Saúde Pública, Saúde em geral, Biologia e Ciências da Vida

Num comunicado, o Portal do SNS salienta que o prémio, pecuniário e anual, consiste na atribuição de 10 mil euros ao estudo ou trabalho de investigação que, reunindo os critérios exigidos no regulamento, «melhor contribua, pela sua relevância, pertinência, originalidade e grau de inovação, para o avanço da disciplina da Bioética, nas suas diversas vertentes».

O prémio e as menções honrosas, caso tenham sido atribuídas, e respetivos diplomas, serão entregues em cerimónia pública a realizar no ano subsequente ao da realização do procedimento, por ocasião da celebração do Dia Mundial da Saúde, a 7 de abril.

Para saber mais, consulte o Despacho n.º 9553/2017

18tm52o
28 de Dezembro de 2018
1852Pub6f18tm52o

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Economista Márcia Roque é a nova presidente da ACSS

O Conselho de Ministros (CM) desta quinta-feira nomeou a economista Márcia Roque para presidente do...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

 Portugal tem o maior rácio de médicos de MGF por habitante da UE

Portugal é o país da União Europeia (UE) com a maior taxa de especialistas de Medicina Geral e Famil...

18.01.2019

CHUC lança projeto «H2 – Humanizar o Hospital»

O Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC) lança, no próximo dia 24, o projeto «H2 - Huma...

por Teresa Mendes | 18.01.2019

Daniel Ferro substitui Carlos Martins à frente do CHULN

Daniel Ferro, atual presidente do conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, vai substitu...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Centro Hospitalar do Oeste está «refém de prestadores de serviço»

O Centro Hospitalar do Oeste (CHO) é a terceira unidade de saúde do país com maior volume de horas c...

por Teresa Mendes | 17.01.2019

Cancro digestivo mata uma pessoa a cada hora em Portugal

O cancro digestivo mata uma pessoa por hora em Portugal, uma doença que tem vindo a aumentar nos últ...

por Teresa Mendes | 16.01.2019

Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamen...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.