Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 16.01.2019

Criado novo grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos
O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamento dos Serviços de Urgência (SU).
O objetivo é a apresentação de uma «proposta de otimização da prestação» destes cuidados, lê-se no despacho publicado esta terça-feira no Diário da República.

«Urge criar condições para melhorar o funcionamento dos SU. Importa, igualmente desenvolver políticas de melhoria dos cuidados prestados com monitorização permanente da qualidade e segurança», destaca o diploma, reconhecendo que «os diferentes SU têm optado por diferentes modelos organizativos» e que «a existência de equipas dedicadas tem impacto no funcionamento do SU e funcionamento dos Serviços Hospitalares que fornecem a maioria da mão-de-obra para o funcionamento dos SU».

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamento dos Serviços de Urgência (SU). O objetivo é a apresentação de uma «proposta de otimização da prestação» destes cuidados Criado novo grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos Governo quer melhorar os Serviços de Urgência 

O grupo de trabalho agora constituído deve, em quatro meses, propor «medidas de atualização e agilização» para «conseguir a melhoria da organização e trabalho dos profissionais, bem como dos serviços prestados à população nos serviços de emergência pré-hospitalar e urgências».

A equipa é constituída por duas especialistas em medicina interna, um anestesiologista, um cirurgião geral, uma pediatra e um enfermeiro especialista. Integram também o grupo de trabalho elementos da Direção-geral da Saúde, da Ordem dos Médicos e dos Enfermeiros e um representante do INEM.

O despacho pode ser lido aqui

19tm03i
16 de Janeiro de 2019
1903Pub4f19tm03i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Semana Europeia do Teste da Primavera decorre até 24 de maio

Começa hoje e decorre até 24 de maio, a Semana Europeia do Teste Primavera 2019, organizada pela HIV...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Acordo entre FMUL e Fundação Champalimaud reforça laços existentes

O diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, Fausto Pinto, e a presidente da Fundaç...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Daniel Ferro nomeado presidente do CHULN

O ex-presidente da administração do Hospital Garcia de Orta, Daniel Ferro, vai liderar o conselho de...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 É ilegal recusar tratar doentes que não autorizam o tratamento de dados pe...

A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) considerou ilegal a recusa de prestação de cuidados...

16.05.2019

Dados de listas de espera envergonham o país, diz Ordem dos Médicos

A Ordem dos Médicos (OM) classificou esta quarta-feira como «desastrosos» os dados revelados pela En...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 Convenção Nacional da Saúde 2019 decorre a 18 de junho

 A edição de 2019 da Convenção Nacional de Saúde (CNS) vai ter lugar no próximo dia 18 de junho, no...

15.05.2019

Tempos de espera para cirurgias mais do que duplicaram

Quase 40% das consultas hospitalares a pedido dos cuidados de saúde primários (CSP) não foram realiz...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.