Governo quer melhorar os Serviços de Urgência

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 16.01.2019

Criado novo grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos
O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamento dos Serviços de Urgência (SU).
O objetivo é a apresentação de uma «proposta de otimização da prestação» destes cuidados, lê-se no despacho publicado esta terça-feira no Diário da República.

«Urge criar condições para melhorar o funcionamento dos SU. Importa, igualmente desenvolver políticas de melhoria dos cuidados prestados com monitorização permanente da qualidade e segurança», destaca o diploma, reconhecendo que «os diferentes SU têm optado por diferentes modelos organizativos» e que «a existência de equipas dedicadas tem impacto no funcionamento do SU e funcionamento dos Serviços Hospitalares que fornecem a maioria da mão-de-obra para o funcionamento dos SU».

O Governo criou um grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos no funcionamento dos Serviços de Urgência (SU). O objetivo é a apresentação de uma «proposta de otimização da prestação» destes cuidados Criado novo grupo de trabalho para estudar os diferentes modelos organizativos Governo quer melhorar os Serviços de Urgência 

O grupo de trabalho agora constituído deve, em quatro meses, propor «medidas de atualização e agilização» para «conseguir a melhoria da organização e trabalho dos profissionais, bem como dos serviços prestados à população nos serviços de emergência pré-hospitalar e urgências».

A equipa é constituída por duas especialistas em medicina interna, um anestesiologista, um cirurgião geral, uma pediatra e um enfermeiro especialista. Integram também o grupo de trabalho elementos da Direção-geral da Saúde, da Ordem dos Médicos e dos Enfermeiros e um representante do INEM.

O despacho pode ser lido aqui

19tm03i
16 de Janeiro de 2019
1903Pub4f19tm03i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

16.07.2019

«A equidade cada vez depende mais do código postal», adverte bastonário

O bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Miguel Guimarães, defendeu esta segunda-feira mais investime...

16.07.2019

 Ministra reconhece «assimetria muito grande» na distribuição de médicos no...

A ministra da Saúde reconheceu esta segunda-feira na Sertã, distrito de Castelo Branco, que continua...

16.07.2019

Ministra da Saúde defende quadro permanente de anestesistas na MAC

 A ministra da Saúde afirmou esta segunda-feira que não vai desistir de dotar a Maternidade Alfredo...

por Teresa Mendes | 16.07.2019

Hospital de Bragança passa a disponibilizar hospitalização domiciliária

O Hospital de Bragança, inserido na Unidade Local de Saúde (ULS) do Nordeste, vai passar a disponibi...

por Teresa Mendes | 15.07.2019

 Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral 2019 está em discussão pública

 A Direção-Geral da Saúde (DGS) colocou em discussão pública, até ao próximo dia 1 de agosto, o Prog...

por Teresa Mendes | 15.07.2019

 Apifarma lança «Prémio Cidadania em Saúde»

No âmbito das comemorações dos seus 80 anos, a Apifarma instituiu o «Prémio Cidadania em Saúde», que...

por Teresa Mendes | 12.07.2019

 Foram aprovados mais do dobro de medicamentos inovadores no primeiro semes...

O Infarmed informou, esta quinta-feira, que no primeiro semestre de 2019 foram «concluídos 61 proces...

por Teresa Mendes | 12.07.2019

 Em Portugal «reina o mais profundo silêncio» sobre o VIH/Sida

Internacionalmente vive-se um período de entusiasmo e mobilização em torno do objetivo definido pelo...

por Teresa Mendes | 11.07.2019

Excesso de peso e obesidade infantil diminuíram mais de 20% numa década

 O excesso de peso e obesidade infantil caíram mais de 20% numa década, atingindo os objetivos da Or...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.