SIM alerta degradação dos serviços médicos nas prisões

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 29.01.2019

Sindicato envia ofício à ministra da Justiça 
«A situação de crise que em geral se vive do sistema de saúde português, repercute-se indelével e deleteriamente também nas prisões, coisa que nem o Ministério da Justiça consegue disfarçar, por mais que a escamoteie», considera o Sindicato Independente dos Médicos (SIM).

Num comunicado desta segunda-feira, aquela estrutura sindical lembra que «ainda na semana passada, foi notícia que esse mesmo Ministério iria "contratar diretamente” médicos e outros profissionais de saúde, dado serem evidentes os sinais de falência a que a contratação, ou a falta dela, conduziu o sistema prisional, no que à prestação de cuidados de saúde aos reclusos respeita».

O SIM informa ainda que voltou a enviar um ofício à ministra da Justiça, alertando mais uma vez para a «urgência da criação de um quadro estável de trabalhadores médicos, necessariamente integrados na Carreira médica, que permita garantir tal prestação qualificada».

«Não é sério politicamente pensar que é possível que o SNS dê respostas às colossais deficiências de assistência registadas no seio da nossa população prisional», sublinha o SIM 

«Não é sério politicamente pensar que é possível que o SNS dê respostas às colossais deficiências de assistência registadas no seio da nossa população prisional», sublinha ainda o SIM, apelando novamente para que se encontrem «soluções estruturais para temas da maior relevância pública, como é o caso».

O ofício enviado á ministra pode ser lido na íntegra aqui

19tm05e
29 de Janeiro de 2019
1905Pub3f19tm05e

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 06.12.2019

 EPE estavam em falência técnica no ano passado

Em 2018, metade dos hospitais EPE do país encontrava-se em falência técnica, segundo uma análise do...

06.12.2019

Chefes de cirurgia de Faro recusam fazer urgências a partir de 1 de janeiro

A partir de 1 de janeiro de 2020, os chefes de equipa de Cirurgia do Hospital de Faro vão deixar de...

por Teresa Mendes | 06.12.2019

 Sarampo matou mais de 140 mil pessoas no mundo em 2018

Em 2018, o sarampo foi responsável pela morte de mais de 140.000 pessoas, segundo novas estimativas...

por Teresa Mendes | 06.12.2019

«Não existem cigarros eletrónicos nem produtos de tabaco seguros»

«Não existem cigarros eletrónicos nem produtos de tabaco seguros, nomeadamente tabaco aquecido. Apre...

por Teresa Mendes | 05.12.2019

ADSE passa a ser tutelada pelo Ministério da Administração Pública

A ADSE já não é da tutela do Ministério da Saúde. Segundo o regime da organização e funcionamento do...

por Teresa Mendes | 05.12.2019

 Reduzir o colesterol mais cedo pode diminuir risco cardiovascular mais tar...

Reduzir os níveis de colesterol com medicamentos em pessoas com menos de 45 anos pode reduzir o risc...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.