Aula Magna da FMUL reabriu com nova vida

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 04.02.2019

Dia 1 de fevereiro marcou o começo de uma nova era 
Após um incêndio que deflagrou a 8 de novembro de 2017, e que colocou em cinzas a Aula Magna da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), esta sexta-feira, a mesma sala foi reaberta com nova imagem e uma nova vida, anuncia a FMUL num comunicado.

A cerimónia da reabertura contou com a presença do reitor da Universidade de Lisboa, António Cruz Serra; do presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), Carlos Neves Martins; da presidente do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM JLA), Maria do Carmo Fonseca; da presidente da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa (AEFML), Andreia Daniel e do diretor da Faculdade, Fausto J. Pinto. 

Com discursos marcados de celebração e júbilo não faltaram, no entanto, duros recados à forma como se organizam e decidem politicamente questões de fundo nacional, com reflexo direto nas organizações públicas. Apontando o dedo à mediocracia que tira êxito ao mérito, Fausto J. Pinto fez questão de criticar «a crescente tendência nacional para a experimentação, muitas vezes na altura errada, enveredando por caminhos desconhecidos». Um discurso disponível na íntegra aqui.

Após um incêndio que deflagrou a 8 de novembro de 2017, e que colocou em cinzas a Aula Magna da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), esta sexta-feira, a mesma sala foi reaberta com nova imagem e uma nova vida

Congratulando a rapidez e eficiência para cumprir prazos na reconstrução da Aula Magna, o reitor António Cruz Serra ironizou os sucessivos embargos das obras da Universidade de Lisboa e lamentou que a falta de celeridade da Justiça impeça que mais de 900 camas sejam erguidas para albergar alunos com carências financeiras, empurrando-os de regresso às suas terras e interrompendo os seus estudos.

A cerimónia encerrou-se com o descerramento da placa comemorativa, apontando o dia 1 de fevereiro de 2019 como a data que marca o começo de uma nova era.
A história da Aula Magna pode ser vista em vídeo aqui

19tm06a
04 de Fevereiro de 2019
1906Pub2f19tm06a

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Executivo abre 1129 vagas para as áreas de MGF, hospitalar e de Saúde Públ...

O Governo cumpriu o prazo de 30 dias para a abertura de concursos após a fixação da lista de classif...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Semana Europeia do Teste da Primavera decorre até 24 de maio

Começa hoje e decorre até 24 de maio, a Semana Europeia do Teste Primavera 2019, organizada pela HIV...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Daniel Ferro nomeado presidente do CHULN

O ex-presidente da administração do Hospital Garcia de Orta, Daniel Ferro, vai liderar o conselho de...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 É ilegal recusar tratar doentes que não autorizam o tratamento de dados pe...

A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) considerou ilegal a recusa de prestação de cuidados...

16.05.2019

Dados de listas de espera envergonham o país, diz Ordem dos Médicos

A Ordem dos Médicos (OM) classificou esta quarta-feira como «desastrosos» os dados revelados pela En...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 Convenção Nacional da Saúde 2019 decorre a 18 de junho

 A edição de 2019 da Convenção Nacional de Saúde (CNS) vai ter lugar no próximo dia 18 de junho, no...

15.05.2019

Tempos de espera para cirurgias mais do que duplicaram

Quase 40% das consultas hospitalares a pedido dos cuidados de saúde primários (CSP) não foram realiz...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.