Aula Magna da FMUL reabriu com nova vida

por Teresa Mendes | foto de "DR" | 04.02.2019

Dia 1 de fevereiro marcou o começo de uma nova era 
Após um incêndio que deflagrou a 8 de novembro de 2017, e que colocou em cinzas a Aula Magna da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), esta sexta-feira, a mesma sala foi reaberta com nova imagem e uma nova vida, anuncia a FMUL num comunicado.

A cerimónia da reabertura contou com a presença do reitor da Universidade de Lisboa, António Cruz Serra; do presidente do conselho de administração do Centro Hospitalar Universitário Lisboa Norte (CHULN), Carlos Neves Martins; da presidente do Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes (iMM JLA), Maria do Carmo Fonseca; da presidente da Associação de Estudantes da Faculdade de Medicina de Lisboa (AEFML), Andreia Daniel e do diretor da Faculdade, Fausto J. Pinto. 

Com discursos marcados de celebração e júbilo não faltaram, no entanto, duros recados à forma como se organizam e decidem politicamente questões de fundo nacional, com reflexo direto nas organizações públicas. Apontando o dedo à mediocracia que tira êxito ao mérito, Fausto J. Pinto fez questão de criticar «a crescente tendência nacional para a experimentação, muitas vezes na altura errada, enveredando por caminhos desconhecidos». Um discurso disponível na íntegra aqui.

Após um incêndio que deflagrou a 8 de novembro de 2017, e que colocou em cinzas a Aula Magna da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL), esta sexta-feira, a mesma sala foi reaberta com nova imagem e uma nova vida

Congratulando a rapidez e eficiência para cumprir prazos na reconstrução da Aula Magna, o reitor António Cruz Serra ironizou os sucessivos embargos das obras da Universidade de Lisboa e lamentou que a falta de celeridade da Justiça impeça que mais de 900 camas sejam erguidas para albergar alunos com carências financeiras, empurrando-os de regresso às suas terras e interrompendo os seus estudos.

A cerimónia encerrou-se com o descerramento da placa comemorativa, apontando o dia 1 de fevereiro de 2019 como a data que marca o começo de uma nova era.
A história da Aula Magna pode ser vista em vídeo aqui

19tm06a
04 de Fevereiro de 2019
1906Pub2f19tm06a

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.07.2019

Aprovada a nova Lei de Bases da Saúde

Após vários avanços e recuos, o Parlamento aprovou sexta-feira o diploma da Lei de Bases da Saúde, q...

22.07.2019

Seguro público na Saúde é «aumento encapotado de impostos»

Em resposta à ideia de Francisco Ramos, secretário de Estado da Saúde, de criar um «um seguro comple...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Nove em cada 10 idosos seguidos CSP sentem-se sozinhos

Nove em cada 10 idosos seguidos nos cuidados de saúde primários (CSP) sentem algum grau de solidão,...

por Teresa Mendes | 19.07.2019

 18.º ENIJMF vai apostar em sessões out-of-the-box!

Este ano, em Évora, o 18.º Encontro de Internos e Jovens Médicos de Família (ENIJMF) «fará uma grand...

por Teresa Mendes | 18.07.2019

«A situação na saúde no Algarve é muito grave»

Faltam meios humanos, técnicos e infraestruturais no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHU...

por Teresa Mendes | 18.07.2019

Grupo de Valleta quer saber os custos reais dos medicamentos

Actualmente, os contratos de medicamentos entre os laboratórios e os países individuais não permitem...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.