Ordem denuncia «cenário caótico» no SU do Hospital de Leiria

por Teresa Mendes | 08.02.2019

Serviço «está abaixo dos mínimos», diz Carlos Cortes 
«A carência de recursos humanos no Serviço de Urgência (SU) do Centro Hospital de Leiria, não constituindo assunto novo, tem, infelizmente, evoluído para uma situação gravíssima que impede uma prestação de cuidados adequados e situações de alto risco para os doentes», salienta o presidente do CRCOM, Carlos Cortes, num ofício enviado à ministra da Saúde.

Na missiva enviada no início de fevereiro, o responsável revela que o serviço está «abaixo dos mínimos e ninguém pode garantir atualmente um ambiente de segurança para todos os doentes».

Segundo Carlos Cortes, os profissionais de saúde daquela unidade hospitalar «descrevem um cenário caótico, com uma degradação inexorável que se traduz na insuficiente qualidade das condições do SU, ainda funcionais porquanto assentes no esforço hercúleo de quem diariamente os assegura, pese embora a falta de apoio a diversos níveis».

«O espaço físico e o número de profissionais são absolutamente insuficientes para assegurar o correto tratamento dos doentes e a saúde física e mental dos profissionais», lê-se no ofício enviado a Marta Temido

«O espaço físico e o número de profissionais são absolutamente insuficientes para assegurar o correto tratamento dos doentes e a saúde física e mental dos profissionais», lê-se no ofício enviado a Marta Temido.

O dirigente considera que «é desumano e irresponsável manter este nível de pressão sobre os profissionais de saúde», pelo que alerta a ministra da Saúde para a «insustentabilidade da situação e para a necessidade de dar uma resposta urgente, eficaz e definitiva».

19tm06s
08 de Fevereiro de 2019
1906Pub6f19tm06s

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 23.04.2019

Manifesto da EFPIA reforça os benefícios das vacinas

«Construir uma Europa mais Saudável» é o título do manifesto criado pela Vaccines Europe, o grupo es...

por Teresa Mendes | 23.04.2019

SIM pondera convocar greve dos médicos do Instituto Nacional de Medicina Le...

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) pondera o «endurecimento das formas de luta», nomeadament...

por Teresa Mendes | 23.04.2019

APDIP reclama estatuto de doença crónica para as imunodeficiências primária...

Na semana mundial dedicada às imunodeficiências Primárias, que se assinala de 22 a 29 de abril, a As...

por Teresa Mendes | 22.04.2019

Instituto de Medicina Legal passa a realizar autópsias aos fins-de-semana e...

O Conselho de Ministros (CM) aprovou nesta quinta-feira a proposta de lei que permite ao Instituto N...

por Teresa Mendes | 22.04.2019

Fisioterapeutas contra regulamento do Acto Médico

A Associação Portuguesa de Fisioterapeutas (Apfisio) está contra o projeto de regulamento do Acto Mé...

por Teresa Mendes | 23.04.2019

Encontro internacional debate futuro do envelhecimento<br />  

A Academia Nacional de Medicina de Portugal (ANMP), o Science Advice for Policy by European Academie...

por Teresa Mendes | 22.04.2019

 Luís Martins Amaro nomeado novo presidente do Hospital Garcia de Orta

O actual diretor executivo do agrupamento de centros de saúde Almada-Seixal, Luís Manuel Martins Ama...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.