SIM quer «respostas aos sérios constrangimentos» do Hospital de Santarém

por Teresa Mendes | 13.03.2019

Governo visitou hospital de Santarém e inaugurou USF em Abrantes
Aproveitando o «périplo pré-eleitoral» pelo SNS, o Sindicato Independente dos Médicos apela para que «sejam dadas respostas aos sérios constrangimentos» que afetam os cidadãos do distrito de Santarém.

O apelo surge a propósito da visita realizada hoje pelo primeiro-ministro e pela ministra da Saúde ao Serviço de Medicina Física e de Reabilitação do Hospital de Santarém, recentemente remodelado.

Num comunicado, divulgado esta terça-feira, o sindicato dá exemplos desses constrangimentos, nomeadamente a deslocação de mais de 80 km dos doentes que precisam de fazer uma ressonância magnética para o distrito de Leiria sem transportes públicos adequados; o facto de o bloco operatório estar há mais de três anos em obras; a falta de material de consumo clínico;  a falta especialista para os quadros do Hospital e «melhorar as condições de trabalho para os que ainda resistem no sentido de evitar o encerramento de serviços como recentemente aconteceu com a Unidade Coronária».

Por fim, é apontado o enorme tempo de espera para cirurgias oncológicas de Urologia e para consultas de Oftalmologia, Ortopedia, Dermato-Venerologia, Otorrinolaringologia, Gastrenterologia, entre outras.

Blocos Operatório e  de Partos «estarão concluídos em setembro»

Na visita efetuada por António Costa e Marta Temido, foi garantido que os trabalhos no novo Bloco Operatório e do Bloco de Partos da unidade, «estarão concluídos em setembro deste ano, suportados em parte por fundos comunitários, tal como o Serviço de Medicina Física e de Reabilitação»

Aproveitando o «périplo pré-eleitoral» pelo SNS, o Sindicato Independente dos Médicos apela para que «sejam dadas respostas aos sérios constrangimentos» que afetam os cidadãos do distrito de Santarém 

«O investimento nos novos blocos supera os 6,5 milhões de euros e vai permitir aumentar a capacidade no Bloco Central, alargar até 25% a cirurgia de ambulatório e recuperar os cerca de 1500 partos anuais que se realizavam antes da perda do Bloco diferenciado», salienta um comunicado do Portal do SNS.

Durante a manhã foi também inaugurada a Unidade de Saúde Familiar Beira Tejo, localizada em Rossio ao Sul do Tejo (Abrantes), e que representou um investimento superior a 400 mil euros.

Esta USF, agora constituída num novo edifício, vem substituir a extensão de saúde que funcionava num prédio de habitação com condições deficientes. Esta unidade vai servir desde já os 1800 utentes inscritos, no entanto, estima-se que venha a abranger 11600 utentes da região sul de Abrantes.

A unidade tem quatro gabinetes médicos, dois de enfermagem e uma sala de tratamento. A USF tem na sua equipa quatro médicos de família, cinco enfermeiros e cinco secretários clínicos.

19tm11i
13 de Março de 2019
1911Pub4f19tm11i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 O polémico uso de exames com radiação nas doenças coronárias 

Numa altura em que a prevenção e tratamento das doenças cardiovasculares se reveste de maior importâ...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Trofa Saúde Hospital abre dia 8 de abril em Loures

A primeira unidade no Sul do país do Grupo Trofa Saúde Hospital vai situar-se no LoureShopping, com...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Três gerações vão organizar 40.º aniversário do SNS

O ex-diretor-geral da Saúde Francisco George, a subdiretora-geral da Saúde e administradora hospital...

por Teresa Mendes | 22.03.2019

 Após descida histórica, dívida dos hospitais volta a crescer

 Após uma descida histórica de quase 30% em dezembro passado, a dívida dos hospitais à indústria far...

21.03.2019

 Médicos alertam para rutura na Neonatologia da Maternidade Bissaya Barreto

O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) alertou esta quarta-feira para a rutura iminente no se...

21.03.2019

 Tutela estuda alargamento do cheque dentista a crianças menores de seis an...

O Ministério da Saúde está a estudar o alargamento dos cheques dentista a crianças menores de seis a...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.