Abril, «Mês da Saúde do Pé»

por Teresa Mendes | 01.04.2019

Rastreio nacional gratuito avalia pés dos portugueses
A Associação Portuguesa de Podologia (APP) promove rastreios gratuitos das principais doenças do pé e caracterizar a saúde podológica dos portugueses no âmbito do «Mês de Saúde do Pé».
A iniciativa vai decorrer durante todo o mês de abril.

Segundo um comunicado, o rastreio podológico, gratuito e dirigido a todos os utentes, contempla a observação, um exame clínico e a realização de estudos biomecânicos com o objetivo de despistar a presença de anomalias no pé, no apoio plantar e alterações no caminhar.

«Os portugueses não estão sensibilizados para a importância dos pés, e por isso não os valorizam e tratam devidamente.
De acordo com uma pesquisa recente, cerca de 25% da população não sabe o que é a podologia, chegando esse desconhecimento a atingir os 50%, nas regiões de Lisboa e Vale do Tejo, Alentejo e Algarve. Neste sentido, os rastreios são uma excelente oportunidade para alertar a população para a temática, prevenir e conhecer a realidade do nosso país», esclarece Manuel Azevedo Portela, presidente da APP.

De acordo com estudos da APP, cerca de 85% da população com mais de 35 anos de idade tem alguma alteração nos pés. 

Manuel Azevedo Portela acrescenta que «durante os últimos anos têm sido realizados alguns estudos que apontam para a necessidade de desenvolver programas de educação para a saúde podológica de forma a prevenir algumas das patologias mais frequentes como as queratopatias (alterações da pele por espessamento) e as onicopatias (alterações das unhas), metatarsalgias e fasceites plantares, Hallux Valgus (joanetes) e dedos em garra». 

A Associação Portuguesa de Podologia (APP) promove rastreios gratuitos das principais doenças do pé e caracterizar a saúde podológica dos portugueses no âmbito do «Mês de Saúde do Pé».
A iniciativa vai decorrer durante todo o mês de abril


«É com esta preocupação com a saúde pública, que a nossa Associação alerta para prevenção, sensibilizando os portugueses para a necessidade das consultas de podologia, com especialistas na saúde do pé», alerta a especialista.

Este rastreio avalia entre outras patologias do pé, o pé diabético que é uma das complicações mais frequentes, responsável pela maioria das amputações em Portugal. 

O «Mês da Saúde do Pé» é promovido em parceria com a Pedirelax. 
A lista das clínicas que realizarão os rastreios está disponível no site www.appodologia.com, para consulta e marcação, de acordo com a disponibilidade da unidade.

19tm14d
01 de Abril de 2019
1914Pub2f19tm14d

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Executivo abre 1129 vagas para as áreas de MGF, hospitalar e de Saúde Públ...

O Governo cumpriu o prazo de 30 dias para a abertura de concursos após a fixação da lista de classif...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Semana Europeia do Teste da Primavera decorre até 24 de maio

Começa hoje e decorre até 24 de maio, a Semana Europeia do Teste Primavera 2019, organizada pela HIV...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Acordo entre FMUL e Fundação Champalimaud reforça laços existentes

O diretor da Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa, Fausto Pinto, e a presidente da Fundaç...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Daniel Ferro nomeado presidente do CHULN

O ex-presidente da administração do Hospital Garcia de Orta, Daniel Ferro, vai liderar o conselho de...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 É ilegal recusar tratar doentes que não autorizam o tratamento de dados pe...

A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) considerou ilegal a recusa de prestação de cuidados...

16.05.2019

Dados de listas de espera envergonham o país, diz Ordem dos Médicos

A Ordem dos Médicos (OM) classificou esta quarta-feira como «desastrosos» os dados revelados pela En...

15.05.2019

Tempos de espera para cirurgias mais do que duplicaram

Quase 40% das consultas hospitalares a pedido dos cuidados de saúde primários (CSP) não foram realiz...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.