Infarmed precisa «com urgência» de mais recursos humanos

por Teresa Mendes | 04.04.2019

Presidente da Autoridade Nacional do Medicamento lança apelo
A presidente da Autoridade Nacional do Medicamento, Maria do Céu Machado, apela ao Governo, com caráter de «urgência», para dotar o Infarmed com mais recursos humanos, nomeadamente para reforçar a sua atividade inspetiva.

Ouvida esta quarta-feira na Comissão Parlamentar de Saúde sobre as falhas de medicamentos disponíveis nas farmácias, a dirigente afirmou que estão em curso pedidos de contratação de colaboradores, mas ainda sem qualquer resposta.

Em 2018, de acordo com dados da responsável, saíram cerca de 20 profissionais, enquanto a atividade aumentou, nomeadamente as ações inspetivas.

«Precisamos com urgência de ter mais meios e ter alguma liberdade para fazer contratações individuais de trabalho. (Em alguns casos) nem que sejam contratos temporários», disse aos deputados, indicando ainda que sendo o Infarmed um instituto com receitas próprias não iria constituir um encargo adicional para a Função Pública.

A presidente da Autoridade Nacional do Medicamento, Maria do Céu Machado, apela ao Governo, com caráter de «urgência», para dotar o Infarmed com mais recursos humanos, nomeadamente para reforçar a sua atividade inspetiva

O problema, segundo Maria do Céu Machado, vai além da falta de recursos humanos, tendo a responsável afirmado que muitos técnicos superiores têm «um trabalho muito mal pago para a responsabilidade que têm».

Há técnicos diferenciados a fazer avaliações fármaco-económicas, que trabalham há sete ou há 10 anos no Infarmed, e que levam para casa vencimentos de 900 euros, informou a presidente do Infarmed.
 
19tm14o
04 de Abril de 2019
1914Pub5f19tm14o

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Transplante de órgãos aumentou 2% no primeiro semestre de 2019

A transplantação de órgãos em Portugal aumentou no primeiro semestre do ano em cerca de 2% - o equiv...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

Aprovada a nova Lei de Bases da Saúde

Após vários avanços e recuos, o Parlamento aprovou sexta-feira o diploma da Lei de Bases da Saúde, q...

22.07.2019

Seguro público na Saúde é «aumento encapotado de impostos»

Em resposta à ideia de Francisco Ramos, secretário de Estado da Saúde, de criar um «um seguro comple...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Nove em cada 10 idosos seguidos CSP sentem-se sozinhos

Nove em cada 10 idosos seguidos nos cuidados de saúde primários (CSP) sentem algum grau de solidão,...

por Teresa Mendes | 19.07.2019

 18.º ENIJMF vai apostar em sessões out-of-the-box!

Este ano, em Évora, o 18.º Encontro de Internos e Jovens Médicos de Família (ENIJMF) «fará uma grand...

por Teresa Mendes | 18.07.2019

«A situação na saúde no Algarve é muito grave»

Faltam meios humanos, técnicos e infraestruturais no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHU...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.