Infarmed cria Portal da Atrofia Muscular Espinhal para profissionais de saúde

por Teresa Mendes | 05.04.2019

Objetivo é uma «adequada gestão do acesso aos medicamentos»
O Infarmed disponibiliza a todos os profissionais de saúde acesso ao Portal da Atrofia Muscular Espinhal (AME).
O novo site visa, segundo a Autoridade Nacional do Medicamento, «uma adequada gestão do acesso aos medicamentos para o tratamento» desta patologia.

Numa nota, o organismo justifica que a utilização destes fármacos «deverá ser adequadamente monitorizada, supervisionada e auditada pelo Infarmed de forma a permitir a quantificação dos ganhos em saúde obtidos e também conforme previsto no Sistema Nacional de Avaliação de Tecnologias de Saúde».

O acesso, que será restrito a médicos e outros profissionais autorizados, é feito pelo website institucional da Autoridade Nacional do Medicamento, através de uma área reservada, de acordo com instruções disponíveis num manual que pode ser consultado aqui.

O Infarmed disponibiliza a todos os profissionais de saúde acesso ao Portal da Atrofia Muscular Espinhal (AME). O novo site visa, segundo a Autoridade Nacional do Medicamento, «uma adequada gestão do acesso aos medicamentos para o tratamento» desta patologia

Recorde-se que a AME é uma doença neuromuscular, genética, que causa atrofia e fraqueza muscular dos membros, tronco, músculos bulbares e respiratórios. 
A evolução da doença conduz a perda progressiva de movimentos e dificuldade respiratória, sendo que os sintomas geralmente aparecem logo após o nascimento.

Para saber mais, consulte o site aqui.
 
19tm14t
05 de Abril de 2019
1914Pub6f19tm14t

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 24.05.2019

 Número de pessoas que morre sem cuidados paliativos pode duplicar em 2060

 O número de pessoas que morre sem acesso a cuidados paliativos pode duplicar em 2060.<br /> Segund...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

Unidades de saúde mental forense não prisionais vão ter equipa clínica mult...

As unidades de saúde mental forense não prisionais vão passar a ter formalmente uma equipa clínica m...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

Ordem cria Gabinete Nacional de Apoio ao Médico

Os médicos em burnout podem recorrer, a partir de hoje, dia 24 de maio, a um gabinete de apoio criad...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

Palco será dado a quem vive a realidade da dor crónica de perto

O próximo dia 31 de maio será um dia de reflexão, onde o palco será dado a quem vive a realidade da...

por Teresa Mendes | 24.05.2019

 Governo vai impulsionar criação de USF em contextos complexos 

O Governo está determinado a apoiar e impulsionar a criação de Unidades de Saúde Familiar (USF) em c...

22.05.2019

Fundadores do Observatório de Saúde António Arnaut  defendem transparência

O coordenador do Observatório de Saúde António Arnaut (OSAA) defendeu esta terça-feira, em Coimbra,...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.