Venda de genéricos cai pela primeira vez desde 2017

por Teresa Mendes | 09.04.2019

Presidente da ANF considera que «regime de incentivos está esgotado»
A quota média de venda de medicamentos genéricos caiu pela primeira vez desde janeiro de 2017. A quebra foi de três décimas, entre dezembro de 2018 e janeiro de 2019 (48,5% para 48,2%, respetivamente), de acordo com os dados do Centro de Estudos e Avaliação em Saúde (CEFAR).

Para o presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF), Paulo Cleto Duarte, citado num comunicado daquela Associação, os dados são reveladores de que «o regime de incentivos está esgotado e deve ser revisto por outro que tenha como objetivo o crescimento da quota».

Para o presidente da Associação Nacional das Farmácias (ANF), Paulo Cleto Duarte, os dados são reveladores de que «o regime de incentivos está esgotado e deve ser revisto por outro que tenha como objetivo o crescimento da quota» de genéricos 

Recorde-se que o mecanismo de incentivos à dispensa de genéricos resulta do acordo assinado entre o Ministério da Saúde e a ANF em janeiro de 2017, como forma de combater a tendência de estagnação de venda de genéricos e diminuir a despesa do Serviço Nacional de Saúde.

Em janeiro de 2019, a poupança do Estado na venda de genéricos foi de 400 mil euros, sendo que o Estado paga às farmácias 35 cêntimos por cada embalagem dispensada, acrescenta a nota à Imprensa

19tm15g
09 de Abril de 2019
1915Pub3f19tm15g

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 29.05.2020

BE quer garantir subsídio de risco aos profissionais de saúde 

 O Bloco de Esquerda (BE) entregou esta quarta-feira um projeto de lei na Assembleia da República ap...

por Teresa Mendes | 29.05.2020

«Uma notícia que nos alimenta a esperança» 

Dos 3398 profissionais de saúde infetados com a doença Covid-19, já recuperaram 2161, revelou esta q...

por Teresa Mendes | 29.05.2020

«Este é o momento de contratar mais médicos e de recuperar as carreiras» 

«O nosso trabalho é salvar vidas, ajudar os portugueses e ajudar o país.»<br /> <br /> Foi desta f...

por Teresa Mendes | 29.05.2020

Sem confinamento SNS teria de atender três vezes mais doentes graves com Co...

Se o estado de emergência não tivesse vigorado em Portugal nos primeiros 15 dias de abril, as unidad...

por Teresa Mendes | 28.05.2020

Saldo do SNS em abril agravou-se 11,3 milhões de euros 

Em abril, o saldo do Serviço Nacional de Saúde (SNS) situou-se nos 149,2 milhões de euros negativos,...

por Teresa Mendes | 28.05.2020

Infarmed aprova financiamento de Keytruda® em combinação com pemetrexedo e...

O Infarmed aprovou, esta terça-feira, o financiamento de Keytruda® (pembrolizumab) em combinação com...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.