CGC Genetics é o primeiro laboratório privado português acreditado em Genética Médica

por Teresa Mendes | 12.04.2019

Distinção foi atribuída pelo IPAC no início de abril 
O CGC Genetics é o primeiro laboratório privado português a receber acreditação em genética médica. A distinção foi atribuída no início de abril pelo Instituto Português da Acreditação (IPAC), após um processo que se iniciou em 2015.

Segundo um comunicado do laboratório, a acreditação recebida «baseia-se no padrão internacional ISO 15189, usado para avaliar laboratórios clínicos em todo o mundo», sendo, desta forma, «certificadas, a todos os níveis, as competências técnicas e as boas práticas levadas a cabo pelo CGC Genetics».

Para a CEO do CGC Genetics, Purificação Tavares, esta acreditação «assume-se como o corolário de todo o investimento». «Sempre tivemos elevada competência técnica, mas agora, com esta acreditação, podemos demonstrá-la para lá de qualquer subjetividade», refere a responsável na mesma nota à Imprensa. 

A distinção teve como base a avaliação de todos os componentes do laboratório que afetam a produção de dados relacionados com os testes e consequentemente com os resultados. Por este processo, «a acreditação de laboratórios dá aos clientes a garantia de qualidade e competência, pelo elevado grau de exigência inerente ao normativo», destaca a nota à Imprensa.

Nos últimos anos, o CGC Genetics, que é o laboratório privado de genética mais antigo de Portugal, efetuou vários investimentos na ordem dos três milhões de euros, entre os quais em equipamentos de última linha em de «New Generation Sequencing» (NGS), que permitem num único teste sequenciar um gene, vários genes ou o exoma completo.

O CGC Genetics é o primeiro laboratório privado português a receber acreditação em genética médica. A distinção foi atribuída no início de abril pelo Instituto Português da Acreditação (IPAC), após um processo que se iniciou em 2015

Esta é uma tecnologia que proporcionou um avanço significativo na capacidade de diagnóstico genético ao encurtar prazos e diminuir custos.

O laboratório dispõe também do NIPT Tomorrow, um teste pré-natal não-invasivo que permite estudar o bebé numa simples colheita de sangue materno às 10 semanas de gestação, um teste «cada vez mais efetuado em grávidas sem antecedentes de doença genética, mas que optam pelo teste de confirmação, para saber dos cromossomas 21, 13 e 18 do bebé».

Também os testes para identificar portadores em casais a planear descendência, estão a tornar-se cada vez mais comuns.
Neste último caso, «identificam-se as doenças em que exista risco aumentado no bebé e a seguir faz-se diagnostico pré-natal».

Em Portugal existem apenas cinco laboratórios de genética médica privados.
 
19tm15s
12 de Abril de 2019
1915Pub6f19tm15s

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 03.04.2020

 Adiada a desmaterialização total da prescrição para 31 de dezembro de 2020

O fim total da prescrição manual previsto para 31 de março foi hoje adiado pelo Governo para 31 de d...

por Teresa Mendes | 03.04.2020

 Ordem dos Médicos e AEP apresentam proposta para hospital de campanha

A Associação Empresarial de Portugal (AEP) e a Ordem dos Médicos (OM) apresentaram ao Ministério da...

por Teresa Mendes | 03.04.2020

Profissionais de saúde do SNS impedidos de cessar contratos de trabalho 

A cessação dos contratos de trabalho dos profissionais de saúde do Serviço Nacional de Saúde (SNS) v...

por Teresa Mendes | 02.04.2020

 Sindicatos preocupados com número de médicos infetados

 O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) e a Federação Nacional dos Médicos (FNAM) «constatam com...

por Teresa Mendes | 02.04.2020

Luz verde para estudo experimental com uso de plasma de doentes recuperados

Cerca de 30 doentes com Covid-19 no Hospital Universitário Karolinska vão poder em breve começar a r...

por Teresa Mendes | 02.04.2020

 FMUL promove ciclo de e-Talks durante o mês de abril

A Faculdade de Medicina da Universidade de Lisboa (FMUL) promove durante todo o mês de abril uma sér...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.