Instituto de Medicina Legal passa a realizar autópsias aos fins-de-semana e feriados

por Teresa Mendes | 22.04.2019

Alterações «visam melhorar a capacidade e eficiência da resposta pericial»
O Conselho de Ministros (CM) aprovou nesta quinta-feira a proposta de lei que permite ao Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF) a realização de autópsias aos fins-de-semana e feriados. 

No comunicado, o Governo esclarece que as alterações «visam melhorar a capacidade e eficiência da resposta pericial por parte do instituto, retirando a penosidade acrescida da espera pelo início da semana».

Na mesma proposta prevê-se também a possibilidade de acesso eletrónico por parte dos peritos do INMLCF, «evitando-se delongas e custos com o serviço postal» e reforça-se a necessidade de realização de autópsias «em situações de morte sob custódia ou quando houver uma intervenção policial ou militar ou em casos em que haja suspeita de tortura, tratamentos cruéis, desumanos ou degradantes».

O Conselho de Ministros (CM) aprovou nesta quinta-feira a proposta de lei que permite ao Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses (INMLCF) a realização de autópsias aos fins-de-semana e feriados

Em situação de catástrofe é ainda atribuída ao INMLCF a «competência para identificação dos corpos ou de fragmentos dos corpos e a realização das autópsias médico-legais num curto espaço de tempo, com a criação de uma equipa médico-legal de intervenção em catástrofes», lê-se no comunicado do CM

19tm17d
22 de Abril de 2019
1917Pub2f19tm17d

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Transplante de órgãos aumentou 2% no primeiro semestre de 2019

A transplantação de órgãos em Portugal aumentou no primeiro semestre do ano em cerca de 2% - o equiv...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

Aprovada a nova Lei de Bases da Saúde

Após vários avanços e recuos, o Parlamento aprovou sexta-feira o diploma da Lei de Bases da Saúde, q...

22.07.2019

Seguro público na Saúde é «aumento encapotado de impostos»

Em resposta à ideia de Francisco Ramos, secretário de Estado da Saúde, de criar um «um seguro comple...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Nove em cada 10 idosos seguidos CSP sentem-se sozinhos

Nove em cada 10 idosos seguidos nos cuidados de saúde primários (CSP) sentem algum grau de solidão,...

por Teresa Mendes | 19.07.2019

 18.º ENIJMF vai apostar em sessões out-of-the-box!

Este ano, em Évora, o 18.º Encontro de Internos e Jovens Médicos de Família (ENIJMF) «fará uma grand...

por Teresa Mendes | 18.07.2019

«A situação na saúde no Algarve é muito grave»

Faltam meios humanos, técnicos e infraestruturais no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHU...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.