Instituto Ricardo Jorge promove seminário sobre medicina personalizada

por Teresa Mendes | 26.04.2019

Evento moderado por Maria do Céu Machado debate oportunidades e desafios
O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) promove, no próximo dia 7 de maio, pelas 14h30, no seu auditório, em Lisboa, o Seminário «Medicina personalizada: oportunidades e desafios», que será apresentado por Astrid Moura Vicente, investigadora e coordenadora do Departamento de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças Não Transmissíveis. 

O evento, que tem participação gratuita, contará ainda com a moderação de Maria do Céu Machado, presidente do Infarmed.

A noção de que indivíduos podem ter predisposições variáveis e manifestações clínicas únicas para a mesma doença, bem como respostas variáveis ao tratamento, é reconhecida há muito tempo pela comunidade médica, existindo diversos exemplos paradigmáticos do uso desse conhecimento na medicina, tais como a análise dos tipos sanguíneos antes das transfusões de sangue ou os programas de rastreio neonatal.

O Insa promove, no próximo dia 7 de maio, pelas 14h30, no seu auditório, em Lisboa, o Seminário «Medicina personalizada: oportunidades e desafios», que será apresentado por Astrid Moura Vicente, investigadora e coordenadora do Departamento de Promoção da Saúde e Prevenção de Doenças Não Transmissíveis

No entanto, como salienta o Insa numa nota à Imprensa, «os avanços tecnológicos das últimas décadas na deteção de biomarcadores, incluindo a genómica e outras “ómicas”, estimularam grandemente o desenvolvimento de novas abordagens para a gestão da saúde e da doença que são pessoalmente adequadas a cada indivíduo».

Embora a medicina personalizada (MP) tenha «um enorme potencial para a gestão do tratamento médico, prevenção de doenças e promoção da saúde», o  comunicado adverte que «existem ainda desafios a múltiplos níveis para a sua implementação, relacionados em particular com a ampla tradução de resultados de investigação e inovação para a prática clínica, com as reformas necessárias para adoção de modelos de MP pelos sistemas de saúde e com o acesso equitativo, literacia e empoderamento do cidadão».  

Para a implementação da MP, o Insa considera que «serão fundamentais iniciativas em curso, incluindo o consórcio internacional ICPerMed e o projeto de partilha de 1M de Genomas Europeus».

Todos os interessados em participar no seminário deverão realizar inscrição prévia, através do preenchimento do seguinte formulário

19tm17n
26 de Abril de 2019
1917Pub6f19tm17n

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Transplante de órgãos aumentou 2% no primeiro semestre de 2019

A transplantação de órgãos em Portugal aumentou no primeiro semestre do ano em cerca de 2% - o equiv...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

Aprovada a nova Lei de Bases da Saúde

Após vários avanços e recuos, o Parlamento aprovou sexta-feira o diploma da Lei de Bases da Saúde, q...

22.07.2019

Seguro público na Saúde é «aumento encapotado de impostos»

Em resposta à ideia de Francisco Ramos, secretário de Estado da Saúde, de criar um «um seguro comple...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Nove em cada 10 idosos seguidos CSP sentem-se sozinhos

Nove em cada 10 idosos seguidos nos cuidados de saúde primários (CSP) sentem algum grau de solidão,...

por Teresa Mendes | 19.07.2019

 18.º ENIJMF vai apostar em sessões out-of-the-box!

Este ano, em Évora, o 18.º Encontro de Internos e Jovens Médicos de Família (ENIJMF) «fará uma grand...

por Teresa Mendes | 18.07.2019

«A situação na saúde no Algarve é muito grave»

Faltam meios humanos, técnicos e infraestruturais no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHU...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.