«Cimeira de Cascais» debate o valor em Saúde

por Teresa Mendes | 30.04.2019

No próximo dia 10 de maio, na UNL, campus de Carcavelos
No próximo dia 10 de maio, a Universidade Nova de Lisboa (UNL), no seu Campus de Carcavelos, acolherá a «Cimeira de Cascais – Valor em saúde, um compromisso para todos», e uma conferência científica pré-cimeira, com a presença de investigadores nacionais e estrangeiros, onde serão apresentados resultados de trabalhos de investigação com dados portugueses e experiências locais. 

«A Cimeira de Cascais reunirá, ao mais alto nível, os stakeholders interessados em saúde baseada em valor para a assinatura do Compromisso Nacional por uma Agenda de Valor em Saúde em Portugal.

Este compromisso é o resultado de um trabalho colaborativo, que decorreu ao longo de semanas, e que foi desenvolvido pelos players que consideram essencial, e urgente, que, no nosso país, os cuidados de saúde passem a ser prestados e organizados com base em valor», lê-se na mensagem de apresentação do evento.
 
Com este compromisso, a UNL «pretendeu envolver todos os players, de todos os quadrantes profissionais e sociais com relevo para a saúde, e no contexto de um grande consenso nacional, promover a implementação da metodologia do valor em saúde da qual se esperam enormes ganhos para a saúde de todos, para a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde, e para a sustentabilidade de todo o sistema nacional de saúde português», acrescenta a organização, acreditando que, «pelo ano de 2021, um número muito significativo de prestadores e financiadores de saúde em Portugal esteja a praticar esta abordagem».

No próximo dia 10 de maio, a Universidade Nova de Lisboa (UNL), no seu Campus de Carcavelos, acolherá a «Cimeira de Cascais – Valor em saúde, um compromisso para todos», e uma conferência científica pré-cimeira, com a presença de investigadores nacionais e estrangeiros, onde serão apresentados resultados de trabalhos de investigação com dados portugueses e experiências locais 

A iniciativa, que conta com a coorganização do Health Cluster Portugal, pretende abrir discussão sobre o acesso e a equidade dos cuidados de Saúde, a sustentabilidade do Serviço Nacional de Saúde (SNS) e o papel central que o cidadão deve ocupar no sistema.

Daí surgem várias questões que irão a debate, tais como: «Terá algum sentido continuar a financiar a saúde apenas com base no número de atos prestados ou, em vez disso, não será melhor passar a financiar a saúde com base no valor que os atos prestados acrescentam efetivamente aos doentes e ao próprio SNS?», «Podendo o doente escolher em que hospital deseja ser tratado, como poderá ele saber que hospital dará melhor resposta ao seu problema de Saúde?» e «O que sabe o sistema de Saúde português sobre a qualidade de vida dos doentes após terem recebido alta hospitalar?»

Com a Cimeira de Cascais e a assinatura do Compromisso Nacional por uma Agenda de Valor em Saúde em Portugal, a UNL «quer fazer do value-based health care uma realidade nacional com ganhos para a Saúde de todos, para a sustentabilidade do SNS, e para a sustentabilidade de todo o sistema nacional de Saúde português».

No site do evento estão todas as informações sobre os preletores, o programa e as inscrições.

19tm18g
30 de Abril de 2019
1918Pub3f19tm18g

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Transplante de órgãos aumentou 2% no primeiro semestre de 2019

A transplantação de órgãos em Portugal aumentou no primeiro semestre do ano em cerca de 2% - o equiv...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

Aprovada a nova Lei de Bases da Saúde

Após vários avanços e recuos, o Parlamento aprovou sexta-feira o diploma da Lei de Bases da Saúde, q...

22.07.2019

Seguro público na Saúde é «aumento encapotado de impostos»

Em resposta à ideia de Francisco Ramos, secretário de Estado da Saúde, de criar um «um seguro comple...

por Teresa Mendes | 22.07.2019

 Nove em cada 10 idosos seguidos CSP sentem-se sozinhos

Nove em cada 10 idosos seguidos nos cuidados de saúde primários (CSP) sentem algum grau de solidão,...

por Teresa Mendes | 19.07.2019

 18.º ENIJMF vai apostar em sessões out-of-the-box!

Este ano, em Évora, o 18.º Encontro de Internos e Jovens Médicos de Família (ENIJMF) «fará uma grand...

por Teresa Mendes | 18.07.2019

«A situação na saúde no Algarve é muito grave»

Faltam meios humanos, técnicos e infraestruturais no Centro Hospitalar Universitário do Algarve (CHU...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.