Imunoalergologia do CHUSJ certificada centro de excelência internacional

por Teresa Mendes | 07.05.2019

Serviço passa a integrar os 28 centros em todo o mundo
O Serviço de Imunoalergologia do Centro Hospitalar Universitário de São João (CHUSJ) foi escolhido como Centro de Excelência da World Allergy Organization (WAO) pelo comité de seleção deste organismo internacional, tornando-se, assim, na única unidade de saúde do Serviço Nacional de Saúde a fazer parte deste grupo restrito e a integrar os 28 centros em todo o mundo.

Esta distinção reconhece o Serviço de Imunoalergologia como «um centro de excelência no diagnóstico e tratamento das doenças imunoalérgicas, na investigação e formação médica», salienta José Plácido, diretor do Serviço de Imunoalergologia do CHUSJ, num comunicado publicado esta sexta-feira no site da instituição.

O Serviço de Imunoalergologia do Centro Hospitalar Universitário de São João foi escolhido como Centro de Excelência da World Allergy Organization pelo comité de seleção deste organismo internacional, tornando-se, assim, na única unidade de saúde do Serviço Nacional de Saúde a fazer parte deste grupo restrito e a integrar os 28 centros em todo o mundo 

«Por outro lado, permite que o Serviço possa estabelecer parcerias com a WAO no âmbito da investigação e inovação clínicas, em programas de formação de profissionais de saúde e na promoção de cuidados médicos de excelência junto dos doentes e suas associações, comunidade e também da tutela», explica ainda o responsável.

De acordo com o José Plácido, «ao permitir que o Serviço tenha uma maior visibilidade na comunidade científica internacional, esta distinção acarreta exigências e responsabilidades», considerando que a unidade que dirige terá de «prosseguir na política de elevada exigência na prestação de cuidados médicos e na capacidade formativa dos internos e profissionais de saúde em geral».

«Em função desta parceria haverá mais oportunidades de participar a nível internacional em projetos de investigação, em programas de formação e educacionais patrocinados por esta organização.

No entanto, tal exigirá ainda uma maior participação e empenhamento dos profissionais do Serviço», remata o diretor do serviço.

A nota à Imprensa esclarece ainda que os critérios de maior importância para a obtenção desta distinção são a atividade clínica (número e tipo de consultas), o grau de inovação dos meios complementares de diagnóstico e procedimentos terapêuticos realizados, a idoneidade e capacidade formativa em Imunoalergologia, a produção científica e a participação em programas de formação e de divulgação da especialidade.

19tm19g
07 de Maio de 2019
1919Pub3f19tm19g

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Executivo abre 1129 vagas para as áreas de MGF, hospitalar e de Saúde Públ...

O Governo cumpriu o prazo de 30 dias para a abertura de concursos após a fixação da lista de classif...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

Semana Europeia do Teste da Primavera decorre até 24 de maio

Começa hoje e decorre até 24 de maio, a Semana Europeia do Teste Primavera 2019, organizada pela HIV...

por Teresa Mendes | 17.05.2019

 Daniel Ferro nomeado presidente do CHULN

O ex-presidente da administração do Hospital Garcia de Orta, Daniel Ferro, vai liderar o conselho de...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 É ilegal recusar tratar doentes que não autorizam o tratamento de dados pe...

A Comissão Nacional de Proteção de Dados (CNPD) considerou ilegal a recusa de prestação de cuidados...

16.05.2019

Dados de listas de espera envergonham o país, diz Ordem dos Médicos

A Ordem dos Médicos (OM) classificou esta quarta-feira como «desastrosos» os dados revelados pela En...

por Teresa Mendes | 16.05.2019

 Convenção Nacional da Saúde 2019 decorre a 18 de junho

 A edição de 2019 da Convenção Nacional de Saúde (CNS) vai ter lugar no próximo dia 18 de junho, no...

15.05.2019

Tempos de espera para cirurgias mais do que duplicaram

Quase 40% das consultas hospitalares a pedido dos cuidados de saúde primários (CSP) não foram realiz...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.