Prevenção e a gestão da doença crónica: Tutela cria grupo para agregar cuidados 

por Teresa Mendes | 31.05.2019

«Beneficiar de modo mais efetivo o cidadão»
O Ministério da Saúde criou um grupo de trabalho com o objetivo de produzir, no âmbito do SNS, orientações estratégicas para a prevenção e gestão da doença crónica e complexa.

Diogo Cruz e Válter Fonseca, em representação da Direção-Geral da Saúde, coordenam a equipa de 13 elementos, com representantes de todas as tipologias de cuidados, que tem até final de junho para apresentar um relatório.

O despacho publicado hoje no Diário da República, mas que produz efeitos a 29 de janeiro de 2019, salienta que a prevenção e a gestão da doença crónica «impõem exigências que vão para além do que é necessário em relação aos cuidados episódicos da doença aguda de curta duração, mas não deve deixar de incluir uma resposta efetiva às manifestações súbitas associadas a doença de evolução prolongada».

Considerando que as diferentes tipologias de resposta atualmente praticadas no SNS - Cuidados de Saúde Primários, Cuidados Hospitalares, Cuidados Continuados, Cuidados Paliativos e Cuidados no Domicílio - para além das suas reconhecidas particularidades, «partilham especificidades e instrumentos de ação que lhes são comuns e de natureza similar», o diploma assinala a importância de «encontrar formas de beneficiar de modo mais efetivo o cidadão e o seu percurso, em concertação estratégica, sem pôr em causa a vocação de cada tipo de resposta, e a eficiência da sua gestão particular».

«Tem faltado um plano de implementação efetivo e agregador das várias disposições existentes», reconhece a Tutela, que espera agora ver cumprido com a nomeação deste grupo de trabalho 

«Tem faltado um plano de implementação efetivo e agregador das várias disposições existentes», reconhece a Tutela, um plano que espera agora ver cumprido e que «concilie a contratualização do desempenho das unidades do SNS, a monitorização dos progressos na prevenção e gestão da doença, partilha de informação e literacia em prevenção e gestão da doença no seu conjunto e planeamento em saúde», lê-se no despacho.

É esperado ainda que a equipa identifique «as áreas e aspetos que careçam de ser legislados e regulamentados e/ou necessitem de alteração legislativa».  

19tm22q
31 de Maio de 2019
1922Pub6f19tm22q

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Carlos Mesquita | 10.07.2019

 20 anos do ATLS em Portugal

Artigo de Carlos Mesquita<br /> <br /> Os evidentes progressos das quatro últimas décadas em Portu...

por Teresa Mendes | 21.08.2019

 Abertas as candidaturas para a conferência «SNS no Feminino»

A Associação Portuguesa Para o Desenvolvimento Hospitalar (APDH) está a organizar a conferência «SNS...

por Teresa Mendes | 21.08.2019

SCML inaugura Unidade de medicina dentária pediátrica gratuita

A Santa Casa da Misericórdia de Lisboa (SCML) inaugurou esta terça-feira, o Serviço Odontopediátrico...

21.08.2019

Ministra da Saúde defende reorganização das maternidades no país

 A ministra da Saúde defendeu, esta terça-feira, uma reorganização das maternidades do País, reconhe...

por Teresa Mendes | 20.08.2019

Celebrados os 40 anos do SNS 

O Serviço Nacional de Saúde (SNS) foi criado há 40 anos, tornando o acesso a cuidados de saúde «gera...

por Teresa Mendes | 19.08.2019

 Descoberto novo mecanismo na pele sensível à dor

Investigadores do Karolinska Institutet, Suécia, descobriram um novo mecanismo sensorial na pele cap...

por Teresa Mendes | 19.08.2019

IFDC 2019 decorre de 15 a 18 de outubro, em Lisboa

O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa), através do seu Departamento de Alimentaçã...

por Teresa Mendes | 17.08.2019

Comissão Europeia lança apelo para encontrar especialistas na área de eHeal...

A Comissão Europeia (CE) lançou um apelo à manifestação de interesse no domínio da Saúde, com o obje...

por Teresa Mendes | 17.08.2019

 Médicos têm nova norma sobre diagnóstico e prevenção da carência de vitami...

 A Direção-Geral da Saúde (DGS) e a Ordem dos Médicos (OM) elaboraram uma nova norma sobre as boas p...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.