Projeto prevê alterações na sinalética e “botões de pânico” nas unidades de saúde

por Teresa Mendes | 05.06.2019

Tutela quer diminuir casos de violência contra profissionais
O Ministério da Saúde desenvolveu, em parceria com o Ministério das Finanças, através da Secretaria de Estado da Administração e do Emprego Público, um projeto inovador para combater a violência contra os profissionais de saúde, que será alargado a vários pontos do país.

Segundo uma nota publicada no Portal do SNS, este projeto avançou enquanto piloto no Agrupamento de Centros de Saúde da Amadora e no Hospital Professor Fernando da Fonseca, tendo sido «identificados profissionais capazes de mobilizar pessoas (gestores de projeto) que fizeram um diagnóstico à situação e estão a trabalhar com os profissionais de saúde para encontrar soluções inovadoras para o problema».

O grupo de participantes abrangeu, entre outros, «profissionais que já experienciaram direta ou indiretamente o problema», acrescenta o Ministério da Saúde. 

Envolvidos num processo de cocriação dinamizado pelo INA – Direção-Geral da Qualificação dos Trabalhadores em Funções Públicas no âmbito da promoção da inovação na administração pública, estes profissionais «trabalharam ao longo de três sessões para propor soluções inovadoras para o problema, que serão agora testadas no terreno». 

Entre as soluções propostas contam-se «ações de proximidade com a comunidade, formação, alterações na sinalética, alterações de equipamentos e nos edifícios, “botões de pânico” ou campanhas de informação», informa a mesma nota à Imprensa.

Entre as soluções propostas no projeto desenvolvido em parceria com a Secretaria de Estado da Administração e do Emprego Público, contam-se «ações de proximidade com a comunidade, formação, alterações na sinalética, alterações de equipamentos e nos edifícios, “botões de pânico” ou campanhas de informação

A Tutela avança ainda que como resultado desta iniciativa, «três projetos foram submetidos a candidatura ao Sistema de Incentivos à Inovação na Gestão Pública (SIIGeP), prevendo-se a sua aplicação ainda este ano e a sua generalização a outros pontos do país».

Numa reunião, que decorreu no passado dia 31 de maio, a secretária de Estado, Raquel Duarte, congratulou-se com os resultados obtidos.

«Este problema preocupava-nos há algum tempo. Por isso, estamos a trabalhar no terreno com os profissionais de saúde para encontrar soluções que vão ao encontro das necessidades identificadas», disse na ocasião.

Recorde-se que a notificação de casos de violência contra os profissionais de saúde tem aumentado nos últimos anos, fruto, em parte, da maior sensibilização para a notificação.

Foram registadas 4.639 notificações desde o início do sistema até ao final do primeiro trimestre de 2019 (383 no último período).

19tm23f
04 de Junho de 2019
1923Pub3f19tm23f

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

16.09.2019

Bastonária da OE chama Miguel Guimarães para ser ouvido no caso da sindicân...

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, quer incluir, como testemunhas, o ex-mi...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 1.ª Edição Hot Topics em Hepatologia

Vai decorrer, no dia 11 de outubro, na Ordem dos Médicos, em Vila Real, a 1.ª edição dos Hot Topics...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Pela primeira vez em seis meses, a dívida à Indústria Farmacêutica diminuiu

Pela primeira vez em seis meses, o valor da dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Ordem celebra 80 anos com coleção de fac-similadas de autores médicos

 A Ordem dos Médicos (OM) convida todos os profissionais a vir conhecer, na próxima segunda-feira, d...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Literacia em Saúde: DGS lança Manual para capacitação dos profissionais

No âmbito do Plano de Ação para a Literacia em Saúde 2019/2012, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lanço...

por Teresa Mendes | 12.09.2019

 SPP recomenda aos médicos que reportem os casos suspeitos em Portugal

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) recomenda aos médicos que passem a comunicar os casos de...

por Teresa Mendes | 11.09.2019

Novo estudo mostra porque se ganha peso à medida que envelhecemos

Mesmo controlando a ingestão de calorias e mantendo o plano habitual de exercício físico, é natural...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.