Petição pede comparticipação das bombas de insulina também para os adultos

por Teresa Mendes | 05.06.2019

Objetivo é avançar com legislação nesta matéria 
São já mais de cinco mil as pessoas que assinaram a petição, promovida pelo grupo DiabéT1cos, que defende o alargamento da comparticipação das bombas de insulina a todos os doentes com diabetes.
O objetivo é avançar com legislação nesta matéria.

Recorde-se que em Portugal, a comparticipação destes dispositivos está atualmente garantida para crianças e jovens até aos 18 anos.
Mas os promotores da petição querem ir mais longe e alargar o acesso às bombas de insulina a todos os doentes com diabetes 1 que sejam recomendados pelas equipas médicas que os seguem.

«A diabetes, nas suas diferentes tipologias, é uma doença crónica que afeta milhões de pessoas durante toda a vida, que obriga diariamente os doentes a um controlo apertado dos valores de açúcar no sangue e, no caso da Diabetes Tipo 1, a várias injeções diárias de insulina e a picar os dedos várias vezes por dia para medir os níveis de glicemia no sangue», sublinha a petição, que conta com o  apoio da APDP - Associação Portuguesa de Diabéticos e Portugal, e que lembra que os adultos beneficiam tanto da utilização de uma bomba de insulina como as crianças.

São já mais de cinco mil as pessoas que assinaram a petição, promovida pelo grupo DiabéT1cos, que defende o alargamento da comparticipação das bombas de insulina a todos os doentes com diabetes. O objetivo é avançar com legislação nesta matéria 

A petição pública pode ser assinada aqui.
O grupo DiabéT1cos pretende entregá-la na Assembleia da República depois das eleições legislativas marcadas para outubro deste ano.

19tm23k
05 de Junho de 2019
1923Pub4f19tm23k

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 06.12.2019

 EPE estavam em falência técnica no ano passado

Em 2018, metade dos hospitais EPE do país encontrava-se em falência técnica, segundo uma análise do...

06.12.2019

Chefes de cirurgia de Faro recusam fazer urgências a partir de 1 de janeiro

A partir de 1 de janeiro de 2020, os chefes de equipa de Cirurgia do Hospital de Faro vão deixar de...

por Teresa Mendes | 06.12.2019

 Sarampo matou mais de 140 mil pessoas no mundo em 2018

Em 2018, o sarampo foi responsável pela morte de mais de 140.000 pessoas, segundo novas estimativas...

por Teresa Mendes | 06.12.2019

«Não existem cigarros eletrónicos nem produtos de tabaco seguros»

«Não existem cigarros eletrónicos nem produtos de tabaco seguros, nomeadamente tabaco aquecido. Apre...

por Teresa Mendes | 05.12.2019

ADSE passa a ser tutelada pelo Ministério da Administração Pública

A ADSE já não é da tutela do Ministério da Saúde. Segundo o regime da organização e funcionamento do...

por Teresa Mendes | 05.12.2019

 Reduzir o colesterol mais cedo pode diminuir risco cardiovascular mais tar...

Reduzir os níveis de colesterol com medicamentos em pessoas com menos de 45 anos pode reduzir o risc...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.