Centros hospitalares do Oeste e de Setúbal iniciam hospitalização domiciliária

por Teresa Mendes | 05.06.2019

Tutela vai criar grupos de trabalho para «melhoria de modelo»
O Centro Hospitalar de Setúbal (CHS) e o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) assinalaram esta segunda-feira o início de atividade das suas unidades de hospitalização domiciliária. Neste momento são 18 as equipas de cuidados ao domicílio em todo o país, segundo o Ministério da Saúde.

Num comunicado, publicado no Portal da Saúde, a tutela informa que no CHS os cuidados são prestados por uma equipa constituída por dois médicos e três enfermeiros, disponibilizando a unidade, para já, cinco camas domiciliárias.

No CHO o projeto de hospitalização domiciliária decorrerá nas unidades hospitalares de Torres Vedras e das Caldas da Rainhas, sendo disponibilizadas em cada uma das cidades cinco camas domiciliárias.

O Centro Hospitalar de Setúbal (CHS) e o Centro Hospitalar do Oeste (CHO) assinalaram esta segunda-feira o início de atividade das suas unidades de hospitalização domiciliária. Neste momento são 18 as equipas de cuidados ao domicílio em todo o país, segundo o Ministério da Saúde

Desta forma, «os dois centros hospitalares juntam-se às 16 unidades de hospitalização domiciliária já em funcionamento por todo o país», destaca o comunicado.

Grupos de trabalho para «incrementar a melhoria contínua»

O Ministério avança ainda que «serão constituídos grupos de trabalho que têm como missão incrementar a melhoria contínua e a segurança deste modelo de prestação de cuidados de saúde em casa», com o objetivo de «criar linhas orientadoras e de consolidação do programa de Hospitalização Domiciliária a nível nacional».

Estes grupos de trabalhos, segundo a Tutela, «vão aprofundar o conhecimento nas áreas de medicação, nomeadamente medicação endovenosa, acessos vasculares, telemonitorização e indicadores de avaliação clínica».

19tm23j
05 de Junho de 2019
1923Pub4f19tm23j

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

Bastonária da OE chama Miguel Guimarães para ser ouvido no caso da sindicân...

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, quer incluir, como testemunhas, o ex-mi...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 1.ª Edição Hot Topics em Hepatologia

Vai decorrer, no dia 11 de outubro, na Ordem dos Médicos, em Vila Real, a 1.ª edição dos Hot Topics...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Pela primeira vez em seis meses, a dívida à Indústria Farmacêutica diminuiu

Pela primeira vez em seis meses, o valor da dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Ordem celebra 80 anos com coleção de fac-similadas de autores médicos

 A Ordem dos Médicos (OM) convida todos os profissionais a vir conhecer, na próxima segunda-feira, d...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Literacia em Saúde: DGS lança Manual para capacitação dos profissionais

No âmbito do Plano de Ação para a Literacia em Saúde 2019/2012, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lanço...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Demitem-se dez chefes de equipa de urgência do Hospital Garcia de Orta

Demitiram-se dez chefes de equipa de urgência do Hospital Garcia de Orta, em Almada, segundo a Socie...

por Teresa Mendes | 12.09.2019

 SPP recomenda aos médicos que reportem os casos suspeitos em Portugal

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) recomenda aos médicos que passem a comunicar os casos de...

por Teresa Mendes | 11.09.2019

Novo estudo mostra porque se ganha peso à medida que envelhecemos

Mesmo controlando a ingestão de calorias e mantendo o plano habitual de exercício físico, é natural...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.