DGS defende comparticipação de vacinas enquanto não forem incluídas no PNV

07.06.2019

Vacinação contra a meningite B, rotavírus e HPV para rapazes
A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, defende a comparticipação das vacinas contra a meningite B, o rotavírus e contra o vírus do papiloma humano (HPV) para rapazes, enquanto a comissão técnica não aconselhar a sua inclusão no Programa Nacional de Vacinação (PNV).

Ouvida esta esta quarta-feira, no Parlamento, sobre estas três vacinas, Graça Freitas informou que ainda não há qualquer decisão final sobre a sua inclusão no Programa Nacional de Vacinação (PNV), sendo aliás essa uma decisão que «caberá ao Ministério da Saúde».

A dirigente reconheceu que as decisões sobre vacinação coletiva são morosas, distinguindo que as vacinas do PNV têm o propósito de «controlar e erradicar doenças», tendo objetivos distintos do que é a proteção individual.

Aos deputados, Graça Freitas mostrou-se surpreendida por ainda não ter sido discutida a questão da comparticipação estatal das vacinas, como apoio às famílias que queiram vacinar os filhos com estas vacinas que não estão no PNV. 

A diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, defende a comparticipação das vacinas contra a meningite B, o rotavírus e contra o vírus do papiloma humano (HPV) para rapazes, enquanto a comissão técnica não aconselhar a sua inclusão no Programa Nacional de Vacinação (PNV)

As vacinas são primeiro licenciadas, após ser verificada a sua segurança e eficácia, depois começam a ser administradas no plano individual e posteriormente a ser estudadas para ver se passam a um plano coletivo.

«Neste intervalo, ainda temos margem para ajudar as famílias, através da comparticipação», defendeu Graça Freitas.

O estudo sobre a comparticipação de medicamentos e de vacinas cabe, numa primeira fase, ao Infarmed – Autoridade Nacional do Medicamento e Produtos de Saúde.

19tm23s
07 de Junho de 2019
1923Pub6f19tm23s

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 13.12.2019

 «Assistimos hoje ao assassinato premeditado do modelo USF»

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) decidiu abandonar as reuniões da Comissão Técnica Naciona...

por Teresa Mendes | 13.12.2019

 «Premium Cataract Surgery 2020» debate técnicas cirúrgicas inovadoras

A Universidade do Minho organiza, no próximo dia 18 de janeiro de 2020, a conferência «Premium Catar...

13.12.2019

 Tecnologia criada no Porto ajuda médicos a identificar nódulos pulmonares

Investigadores do Instituto de Engenharia de Sistemas e Computadores, Tecnologia e Ciência (INESC TE...

por Teresa Mendes | 13.12.2019

 Marta Temido anuncia reforço de 800 milhões de euros para a Saúde em 2020

Foram várias as entidades que se congratularam publicamente pelo reforço de verbas para o Serviço Na...

por Teresa Mendes | 13.12.2019

55% dos doentes com doença crónica tem baixos níveis de literacia em saúde

«55% da população com doença crónica tem níveis inadequados de literacia em saúde», uma situação que...

por Teresa Mendes | 13.12.2019

Lançado Instituto Virtual de Fibromialgia

Foi lançado o Instituto Virtual de Fibromialgia, MyFibromyalgia®, uma ferramenta de intervenção clín...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.