Médicos estão cada vez mais receosos quando têm que denunciar insuficiências

por Teresa Mendes | 14.06.2019

Alerta do bastonário na Comissão Parlamentar de Saúde
Os profissionais de saúde têm «cada vez mais receio» de denunciar situações de insuficiências ou mau funcionamento dos serviços temendo «implicações negativas».
O alerta foi deixado esta quarta-feira aos deputados da Comissão Parlamentar de Saúde (CPS) pelo bastonário da Ordem dos Médicos.

Ouvido nesta Comissão sobre situações de atrasos de exames em doentes oncológicos, Miguel Guimarães destacou as dificuldades de acesso a exames, que acontecem em «muitos hospitais do SNS» por falta de capacidade dos mesmos.

O dirigente revelou que esta «é uma situação transversal», observando que os profissionais de saúde «têm cada vez mais receio de denunciar os casos» que conhecem, temendo «o papel das administrações e de quem tem responsabilidades políticas».

Os profissionais de saúde têm «cada vez mais receio» de denunciar situações de insuficiências ou mau funcionamento dos serviços temendo «implicações negativas». 
O alerta foi deixado esta quarta-feira aos deputados da Comissão Parlamentar de Saúde pelo bastonário da Ordem dos Médicos

«As pessoas não se sentem protegidas. Quem faz a denúncia de um caso pode ter implicações negativas na sua vida profissional», afirmou o bastonário que diz continuar a receber denúncias de situações, embora as pessoas peçam geralmente para não serem identificadas.

A propósito do caso apreciado na CPS sobre o atraso de um exame a um doente com cancro do pulmão, que acabou por morrer, Miguel Guimarães considerou que o mesmo «não é minimamente aceitável» e que embora seja «um caso grave, não é isolado», demonstrando ainda falta de trabalho de equipa, nomeadamente entre instituições do SNS.

19tm24k
14 de Junho de 2019
1924Pub6f19tm24k

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 15.07.2019

 Governo autoriza abertura de mais 446 camas de cuidados continuados

 O Governo autorizou a abertura de mais 446 camas de cuidados continuados integrados, que podem come...

por Teresa Mendes | 15.07.2019

 Programa Nacional de Promoção da Saúde Oral 2019 está em discussão pública

 A Direção-Geral da Saúde (DGS) colocou em discussão pública, até ao próximo dia 1 de agosto, o Prog...

por Teresa Mendes | 15.07.2019

 Apifarma lança «Prémio Cidadania em Saúde»

No âmbito das comemorações dos seus 80 anos, a Apifarma instituiu o «Prémio Cidadania em Saúde», que...

por Teresa Mendes | 12.07.2019

 Foram aprovados mais do dobro de medicamentos inovadores no primeiro semes...

O Infarmed informou, esta quinta-feira, que no primeiro semestre de 2019 foram «concluídos 61 proces...

por Teresa Mendes | 12.07.2019

 Saúde Mental é o «parente pobre da saúde em Portugal»

O Relatório de Primavera 2019, do Observatório Português dos Sistemas de Saúde (OPSS), considera que...

por Teresa Mendes | 12.07.2019

 Em Portugal «reina o mais profundo silêncio» sobre o VIH/Sida

Internacionalmente vive-se um período de entusiasmo e mobilização em torno do objetivo definido pelo...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.