CE alerta para a diminuição do investimento na Saúde em Portugal

por Teresa Mendes | 17.06.2019

Relatório denota preocupação com as dívidas dos hospitais
Um relatório da Comissão Europeia (CE) sobre a sustentabilidade financeira dos sistemas de saúde, divulgado no final da semana, alerta que a despesa com a Saúde tem diminuído em Portugal em relação à média europeia.

Segundo o update do relatório «Joint Report on Health Care and Long-Term Care Systems & Fiscal Sustainability», o total da despesa em Saúde em Portugal tem vindo a cair, situando-se atualmente nos 9,1% do Produto Interno Bruto (PIB), quando a média da União Europeia (UE) é de 10,2% do PIB.
A despesa pública em Saúde também diminuiu para 6,1% do PIB, quando na UE a média é de 7,8%. Em termos per capita a despesa pública de Saúde em Portugal fica a menos de metade da média da EU (de 1.297 para 2.609, em paridade de poder de compra).

O relatório denota também preocupação com as dívidas dos hospitais, considerando os autores que as injeções periódicas de capital não são suficientes para conseguir colmatar a acumulação crescente das dívidas.

Outra preocupação da Comissão Europeia é a estimativa de uma forte redução demográfica em Portugal nas próximas décadas, que conjuntamente com o envelhecimento da população terá um impacto ainda na maior nas despesas em Saúde.

Um relatório da Comissão Europeia (CE) sobre a sustentabilidade financeira dos sistemas de saúde, divulgado no final da semana, alerta que a despesa com a Saúde tem diminuído em Portugal em relação à média europeia

Num comunicado sobre este documento, Conselho Estratégico Nacional da Saúde (CENS) da CIP lembra que tem vindo a chamar a atenção para a necessidade de eliminar o «subfinanciamento crónico» do Serviço Nacional de Saúde (SNS), adotar a orçamentação plurianual, aprovar uma Lei de Meios e tomar medidas em prol do setor económico da Saúde, do Sistema de Saúde português e do SNS.

«A competitividade de Portugal e os desafios demográficos devem levar todos os agentes a encarar os verdadeiros problemas e a encontrar as soluções para a sustentabilidade do setor da Saúde», lê-se na mesma nota à imprensa 

19tm25a
17 de Junho de 2019
1925Pub2f19tm25a

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

16.09.2019

Bastonária da OE chama Miguel Guimarães para ser ouvido no caso da sindicân...

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, quer incluir, como testemunhas, o ex-mi...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 1.ª Edição Hot Topics em Hepatologia

Vai decorrer, no dia 11 de outubro, na Ordem dos Médicos, em Vila Real, a 1.ª edição dos Hot Topics...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Pela primeira vez em seis meses, a dívida à Indústria Farmacêutica diminuiu

Pela primeira vez em seis meses, o valor da dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS)...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

Ordem celebra 80 anos com coleção de fac-similadas de autores médicos

 A Ordem dos Médicos (OM) convida todos os profissionais a vir conhecer, na próxima segunda-feira, d...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Literacia em Saúde: DGS lança Manual para capacitação dos profissionais

No âmbito do Plano de Ação para a Literacia em Saúde 2019/2012, a Direção-Geral da Saúde (DGS) lanço...

por Teresa Mendes | 13.09.2019

 Demitem-se dez chefes de equipa de urgência do Hospital Garcia de Orta

Demitiram-se dez chefes de equipa de urgência do Hospital Garcia de Orta, em Almada, segundo a Socie...

por Teresa Mendes | 12.09.2019

 SPP recomenda aos médicos que reportem os casos suspeitos em Portugal

A Sociedade Portuguesa de Pneumologia (SPP) recomenda aos médicos que passem a comunicar os casos de...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.