7.ª Edição do Prémio Maria José Nogueira Pinto conta com mais de 100 candidaturas

por Teresa Mendes | 19.06.2019

Vencedor será anunciado no dia 4 de julho, no Teatro Thalia 
São mais de 100 as candidaturas recebidas pelo comité da 7.ª Edição do Prémio Maria José Nogueira Pinto, um galardão instituído pela MSD que visa reconhecer o trabalho desenvolvido por pessoas coletivas que se tenham destacado no âmbito de ações de responsabilidade social ativa, em território nacional.

O vencedor será anunciado numa cerimónia pública, a 4 de julho, no Teatro Thalia, em Lisboa.

O júri, presidido por Maria de Belém Roseira e constituído por mais seis elementos de reconhecido mérito, avaliam agora os 107 projetos inovadores, provenientes de instituições privadas de solidariedade nacionais, informa a MSD num comunicado. 

Os projetos a concurso estão inseridos em várias áreas de intervenção social e chegam de vários pontos do país, mas Lisboa (46) e Porto (15) continuam a destacar-se pelo número de candidaturas.

A avaliação terá em consideração vários critérios, tais como «o número de pessoas beneficiadas, impacto na comunidade, importância social do projeto relativamente às necessidades apresentadas, criatividade no modelo adotado, aplicação material do prémio e continuidade temporal da ação desenvolvida com a comunidade», destaca a nota à Imprensa.

A oradora convidada desta edição é Maria Antónia Palla, uma das primeiras mulheres jornalistas em Portugal e uma das mais marcantes nos órgãos de comunicação social em que trabalhou.

São mais de 100 as candidaturas recebidas pelo comité da 7.ª Edição do Prémio Maria José Nogueira Pinto, um galardão instituído pela MSD que visa reconhecer o trabalho desenvolvido por pessoas coletivas no âmbito de ações de responsabilidade social ativa

A par do seu trabalho como jornalista, desenvolveu intensa atividade cívica. Foi distinguida em 2004 com o grau de comendadora da Ordem da Liberdade.

A MSD recorda que nos últimos seis anos foram apresentadas mais de 555 candidaturas e distinguidos 25 projetos em diversas áreas de intervenção social e zonas do país. 

O galardão tem o valor pecuniário de 10 mil euros atribuídos ao Grande Vencedor e de mil euros a cada uma das menções honrosas.

Mais informações em www.premiomariajosenogueirapinto.pt ou www.msd.pt

19tm25j
19 de Junho de 2019
1925Pub4f19tm25j

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 01.06.2020

Covid-19: SIM apresenta queixa à Provedoria de Justiça por discriminação do...

O Sindicato Independente dos Médicos (SIM) apresentou queixa à Provedora de Justiça contra o que diz...

por Teresa Mendes | 01.06.2020

HGO: Médicos ameaçam demissão em bloco após afastamento do diretor de Obste...

Os médicos do Serviço de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital Garcia de Orta<br /> (HGO), em Almad...

por Teresa Mendes | 01.06.2020

CEMP contra aumento de vagas nos cursos de medicina

Numa carta aberta ao ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o Conselho de Escolas Médica...

por Teresa Mendes | 01.06.2020

Mais de 60% da população com níveis baixos de atividade física durante o co...

Durante o período de confinamento devido à pandemia de Covid-19, os portugueses praticaram menos ati...

por Teresa Mendes | 29.05.2020

BE quer garantir subsídio de risco aos profissionais de saúde 

 O Bloco de Esquerda (BE) entregou esta quarta-feira um projeto de lei na Assembleia da República ap...

por Teresa Mendes | 29.05.2020

«Uma notícia que nos alimenta a esperança» 

Dos 3398 profissionais de saúde infetados com a doença Covid-19, já recuperaram 2161, revelou esta q...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.