Tutela cumpre meta de 100 USF, mas volta a falhar na cobertura de médicos de família

por Teresa Mendes | foto de "DR"https://www.sns.gov.pt/noticias | 17.07.2019

Ministra informou que há ainda 700 mil portugueses sem médico atribuído 
Mais uma legislatura passada ainda não foi desta que o objetivo de dar um médico de família a cada português foi atingido. O facto não deixa a ministra da Saúde satisfeita, mas lembra que esta é uma das metas mais difíceis de alcançar.

A expectativa do Governo é de conseguir atingir 97% de cobertura de médico de família.
«Não nos deixa satisfeitos», disse Marta Temido esta terça-feira aos jornalistas na inauguração da 100.ª Unidade de Saúde Familiar (USF), no Bombarral, comparando o objetivo de atribuir médico de família a todos os portugueses a uma corrida em que os últimos metros são os mais difíceis.

«A questão do médico de família para todos os portugueses é uma meta que tem sido mais difícil de alcançar por várias ordens de razões.
Em primeiro lugar, porque à medida que nos aproximamos do término de uma corrida, torna-se mais difícil cada quilómetro, cada metro que há por percorrer», afirmou a governante, citada num comunicado publicado no Portal do SNS.

«E nós estamos claramente já no final desta corrida que é a atribuição de médicos de família a todos os portugueses», acrescentou.

Mais uma legislatura passada ainda não foi desta que o objetivo de dar um médico de família a cada português foi atingido. O facto não deixa a ministra da Saúde satisfeita, mas lembra que esta é uma das metas mais difíceis de alcançar

Na ocasião, a ministra informou que há ainda 700 mil portugueses sem médico de família atribuído, o que significa um número «um pouco mais» elevado do que era no final de 2018.

«Estamos agora ainda a completar o concurso da colocação de 305 especialistas de medicina geral e familiar, que por estes meses de julho e agosto estão a ser colocados e a assinar contratos, e terão depois as listas de utentes atribuída», frisou.

Com essa colocação, a expetativa do Governo é de conseguir atingir 97% de cobertura de médico de família esta legislatura, disse Marta Temido, em linha com o que já havia sido avançado por António Costa no debate do Estado da Nação na semana passada.

«É ainda aquém do que era o objetivo e que não nos deixa satisfeitos e que, sobretudo, não nos deixa desistir de continuar a trabalhar também naquilo que deve ser a atribuição da equipa de saúde familiar a todos os portugueses, não só de médico de família», concluiu.

O primeiro-ministro e a ministra da Saúde inauguraram hoje, no Bombarral, a centésima USF, cumprindo a promessa desta legislatura. A criação de uma centena de USF «significa cumprir uma meta fixada no programa do Governo e continuar a desenvolver uma das reformas mais importantes que têm vindo a modernizar o Serviço Nacional de Saúde», salientou António Costa na inauguração desta USF, no distrito de Leiria.

19tm29i
17 de Julho de 2019
1929Pub4f19tm29i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.10.2019

Investigação portuguesa comprova impacto da redução do consumo de sal na sa...

Um estudo inédito em Portugal concluiu que «a diminuição da ingestão de sal e o aumento da ingestão...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 Morrem prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição

Em 2016, morreram prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição do ar. A conclusã...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 USF modelo B: Regime retributivo «deve ser alargado a todos os profissiona...

O Conselho Consultivo da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN) considera, no q...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Médicos contestam manutenção de Marta Temido na pasta da Saúde

Após um ano marcado pela contestação, Marta Temido vê o seu mandato como ministra da Saúde renovado...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Hospitais que criarem mais pagamentos em atraso devem ser auditados

O economista Pedro Pita Barros sugere ao novo Governo, prestes a iniciar funções, que passe a public...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

Festival Mental 2019 é já em novembro, em Lisboa e Porto

Lisboa e Porto vão poder assistir ao Festival Mental em novembro.<br /> A inauguração é no dia 1 e...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.