Só 4 em cada 10 bebés são amamentados de forma exclusiva nos primeiros seis meses

por Teresa Mendes | 01.08.2019

Semana Mundial da Amamentação decorre de 1 a 7 de agosto 
No primeiro dia da Semana Mundial da Amamentação, que decorre entre 1 e 7 de agosto – a Unicef e a OMS alertam que as políticas de apoio à amamentação, como a licença de maternidade paga e horários exclusivos para a amamentação, ainda não estão disponíveis para a maioria das mães em todo o mundo.

Numa nota conjunta, divulgada pela ONU News, a diretora executiva da Unicef, Henrietta Fore, e o diretor-geral da OMS, Tedros Ghebreyesus, sublinham que, «apesar de conhecidos os benefícios de saúde, sociais e económicos da amamentação, para mãe e filho, quase 60% das crianças do mundo não têm acesso à amamentação exclusiva recomendada nos primeiros seis meses de vida».

No primeiro dia da Semana Mundial da Amamentação, que decorre entre 1 e 7 de agosto – a Unicef e OMS alertam que as políticas de apoio à amamentação, como a licença de maternidade paga e horários exclusivos para a amamentação, ainda não estão disponíveis para a maioria das mães em todo o mundo 

De acordo com o mesmo comunicado, apenas 4 em cada 10 bebés são amamentados de forma exclusiva nos primeiros seis meses de vida, conforme recomendado.
Nos países menos desenvolvidos, essas taxas sobem para mais de metade, 50,8%.

Os países mais desenvolvidos têm as menores taxas de amamentação, 23,9%, o que representa uma descida dos valores de 2012 (28,7%).

Isto acontece porque as mulheres que trabalham não recebem apoio suficiente para continuar a amamentar.
«Em todo o mundo, apenas 40% das mulheres com recém-nascidos têm os benefícios básicos de maternidade no local de trabalho.
Em África, apenas 15% tem algum benefício para continuar», destaca a nota à Imprensa. 

Por outro lado, «apenas 12% dos países do mundo oferecem uma licença de maternidade remunerada adequada», acrescenta o «statement» conjunto que pode ser lido aqui.

19tm31p
01 de Agosto de 2019
1931Pub5f19tm31p

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Afinal, é a lei que limita fármacos inovadores a não ser perante risco imed...

Afinal, é a própria lei que limita as autorizações excepcionais para ter acesso aos fármacos inovado...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Cancro de cabeça e pescoço mata três portugueses por dia

A Semana Europeia de Luta Contra o Cancro de Cabeça e Pescoço arrancou esta segunda-feira em Lisboa....

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Pelo menos 5 pessoas morrem a cada minuto devido a erros clínicos

No dia em que celebra o primeiro Dia Mundial para a Segurança do Doente (17 de setembro), a Organiza...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Só os neurónios mais viáveis sobrevivem no desenvolvimento do sistema nervo...

Ao contrário do pensado, não é o acaso que determina quais as células que irão formar o sistema nerv...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.