Exportação de medicamentos só será permitida se Portugal estiver abastecido

por Teresa Mendes | 02.08.2019

Governo aprova diploma para minimizar ausência de fármacos 

19tm31s– Univadis – 1461 c.
1931Pub6f19tm31s
ET de J.A. a 190802. 19.30h Foto: De medicamentos ou do Francisco Ramos



Governo aprova diploma para minimizar ausência de fármacos

Exportação de medicamentos só será permitida se Portugal estiver abastecido

O Conselho de Ministros (CM) aprovou esta quinta-feira o decreto-lei que altera o regime jurídico dos medicamentos de uso humano, com o objetivo de «minimizar as situações de rotura de medicamentos no território nacional».

Uma das grandes mudanças passa por permitir a exportação de fármacos para a Europa apenas se o mercado português estiver abastecido.

Em declarações à Lusa, o secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos, reforçou que «havendo o risco de faltar um medicamento, o Infarmed fica com a possibilidade de proibir» as exportações.

O governante referiu ainda que há distribuidores que se constituíram em Portugal apenas para trabalhar na área da exportação e acrescentou que esta situação, apesar de legítima, «não tem qualquer interesse púbico para o abastecimento do medicamento em Portugal».

O secretário de Estado Adjunto e da Saúde, Francisco Ramos, reforçou que «havendo o risco de faltar um medicamento, o Infarmed fica com a possibilidade de proibir» as exportações 

O diploma, segundo o comunicado do CM, clarifica igualmente «as responsabilidades de intervenção de cada um dos intervenientes na cadeia de abastecimento do mercado, reforçando as obrigações de serviço público quanto à disponibilidade de medicamentos».

As alterações à lei aguardam agora publicação em Diário da República e promulgação do Presidente da República. 

19tm31s
02 de Agosto de 2019
1931Pub6f19tm31s

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.10.2019

Investigação portuguesa comprova impacto da redução do consumo de sal na sa...

Um estudo inédito em Portugal concluiu que «a diminuição da ingestão de sal e o aumento da ingestão...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 Morrem prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição

Em 2016, morreram prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição do ar. A conclusã...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 USF modelo B: Regime retributivo «deve ser alargado a todos os profissiona...

O Conselho Consultivo da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN) considera, no q...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Médicos contestam manutenção de Marta Temido na pasta da Saúde

Após um ano marcado pela contestação, Marta Temido vê o seu mandato como ministra da Saúde renovado...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Hospitais que criarem mais pagamentos em atraso devem ser auditados

O economista Pedro Pita Barros sugere ao novo Governo, prestes a iniciar funções, que passe a public...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

Festival Mental 2019 é já em novembro, em Lisboa e Porto

Lisboa e Porto vão poder assistir ao Festival Mental em novembro.<br /> A inauguração é no dia 1 e...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.