«Passagem de USF modelo A para B deveria ser automática», defende bastonário

por Teresa Mendes | 02.08.2019

Miguel Guimarães considera que «bloquear as USF é aprisionar o SNS» 
«A passagem de USF modelo A para modelo B deveria ser automática, sempre que cumpridos os critérios exigíveis.
Não é admissível que a única verdadeira reforma do Serviço Nacional de Saúde (SNS) esteja congelada», defendeu esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos num comunicado.

Miguel Guimarães considera mesmo que «ao bloquear as USF, o Ministério da Saúde está a bloquear o desenvolvimento do SNS.» 

Esta é uma reação que se segue ao anúncio da Tutela, que disse ter já recebido o estudo do modelo de indicadores, incentivos e resultados associados às Unidades de Saúde Familiar (USF) modelo B e que a transição de 20 USF do modelo A para o modelo B deverá decorrer ainda este ano. 

«A passagem de USF modelo A para modelo B deveria ser automática, sempre que cumpridos os critérios exigíveis. Não é admissível que a única verdadeira reforma do Serviço Nacional de Saúde (SNS) esteja congelada», defendeu esta quinta-feira o bastonário da Ordem dos Médicos

Contudo, para a OM, este anúncio tem pelo pelos dois problemas: «a Tutela escolheu estrategicamente fazer esta declaração no dia em que há uma manifestação em Lisboa promovida pela Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN); e este anúncio já tinha sido feito este ano e não cumpre com os prazos admissíveis», lê-se no comunicado.

O dirigente defende igualmente que «temos de garantir que os utentes têm cuidados de saúde prestados em igualdade de circunstâncias e não dependentes da assinatura do ministro das Finanças» e «assegurar que os profissionais de saúde, sejam médicos, enfermeiros ou secretários clínicos, têm idênticas e adequadas condições de trabalho que respeitem as boas práticas e a dignidade das pessoas». 

19tm31r
02 de Agosto de 2019
1931Pub6f19tm31r

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Afinal, é a lei que limita fármacos inovadores a não ser perante risco imed...

Afinal, é a própria lei que limita as autorizações excepcionais para ter acesso aos fármacos inovado...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Cancro de cabeça e pescoço mata três portugueses por dia

A Semana Europeia de Luta Contra o Cancro de Cabeça e Pescoço arrancou esta segunda-feira em Lisboa....

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Pelo menos 5 pessoas morrem a cada minuto devido a erros clínicos

No dia em que celebra o primeiro Dia Mundial para a Segurança do Doente (17 de setembro), a Organiza...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Só os neurónios mais viáveis sobrevivem no desenvolvimento do sistema nervo...

Ao contrário do pensado, não é o acaso que determina quais as células que irão formar o sistema nerv...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.