RESPIRA e Linde Saúde criam prémio Luísa Soares Branco

por Teresa Mendes | 07.08.2019

Galardão vai distinguir boas práticas na área da saúde respiratória
A Associação RESPIRA, em parceria com a Linde Saúde, lançou a primeira edição do Prémio Luísa Soares Branco para distinguir instituições que se destaquem na prestação de serviços e cuidados de saúde a doentes respiratórios crónicos.
As inscrições decorrem até ao final de setembro.

Num comunicado, a RESPIRA – Associação Portuguesa de Pessoas com DPOC e outras Doenças Respiratórias Crónicas - informa que este galardão pretende «prestar uma homenagem a Maria Luísa Soares Branco, primeira presidente e principal fundadora daquela Associação» e, em simultâneo, «reconhecer instituições públicas e privadas (hospitais, clínicas, centros de reabilitação) que se destaquem na prestação de serviços e cuidados de saúde a doentes respiratórios crónicos, em especial a pessoas com Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica (DPOC)».

O Prémio, de periodicidade bienal, terá o valor de 2500 euros, sendo o mesmo entregue no âmbito do Dia Mundial da Doença Pulmonar Obstrutiva Crónica, no dia 20 de novembro.

A Associação RESPIRA, em parceria com a Linde Saúde, lançou a primeira edição do Prémio Luísa Soares Branco para distinguir instituições que se destaquem na prestação de serviços e cuidados de saúde a doentes respiratórios crónicos. As inscrições decorrem até ao final de setembro 

«O Prémio Luísa Soares Branco é o reflexo do trabalho desenvolvido desde sempre pela RESPIRA, onde a sua principal fundadora, Maria Luísa Soares Branco, teve um papel primordial. É com grande satisfação que atribuímos este prémio e destacamos as boas práticas na área dos cuidados respiratórios.

Pretendemos com este tipo de reconhecimento evidenciar e reforçar a importância de prestar os melhores cuidados de saúde às pessoas com esta condição, para que tenham uma melhor qualidade de vida», sublinha Isabel Saraiva, vice-presidente da RESPIRA.

«Para a Linde Saúde faz todo o sentido apoiar a RESPIRA na criação do Prémio Luísa Soares Branco, não só pela homenagem que prestamos à fundadora da associação, mas também porque sabemos que iniciativas como esta permitem não só reconhecer e premiar as boas práticas na área dos cuidados respiratórios, mas também dar um novo alento às entidades que, tal como nós, se esforçam todos os dias para oferecer os melhores cuidados aos doentes que acompanham», destaca por sua vez Maria João Vitorino, Homecare Business Manager da Linde Saúde.

O júri será presidido por Carlos Robalo Cordeiro, pneumologista e secretário-geral da Sociedade Europeia de Pneumologia.

Os interessados podem consultar o regulamento e preencher o formulário de candidatura, bem como obter mais informação sobre o Prémio no site da RESPIRA.   

19tm32L
07 de Agosto de 2019
1932Pub4f19tm32L

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Pelo menos 5 pessoas morrem a cada minuto devido a erros clínicos

No dia em que celebra o primeiro Dia Mundial para a Segurança do Doente (17 de setembro), a Organiza...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Afinal, é a lei que limita fármacos inovadores a não ser perante risco imed...

Afinal, é a própria lei que limita as autorizações excepcionais para ter acesso aos fármacos inovado...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Só os neurónios mais viáveis sobrevivem no desenvolvimento do sistema nervo...

Ao contrário do pensado, não é o acaso que determina quais as células que irão formar o sistema nerv...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

16.09.2019

Bastonária da OE chama Miguel Guimarães para ser ouvido no caso da sindicân...

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, quer incluir, como testemunhas, o ex-mi...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.