Dívida dos hospitais aos laboratórios em rota ascendente

por Teresa Mendes | 13.08.2019

Valor cresce 5,5% em junho, segundo relatório da Apifarma 
 A dívida dos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) à indústria farmacêutica prossegue a sua rota ascendente. Segundo os dados divulgados esta terça-feira pela Apifarma referentes a junho, a dívida total atingiu os 906,5 milhões de euros, mais 5,5% do que em maio (mais 47,1 milhões de euros).

A dívida vencida subiu ainda mais, registando um valor de 631,2 milhões de euros, mais 8,2% (mais 48,0 milhões de euros) do que no mês anterior.

A dívida dos hospitais do SNS à indústria farmacêutica prossegue a sua rota ascendente. Segundo os dados divulgados pela Apifarma referentes a junho, a dívida total atingiu os 906,5 milhões de euros, mais 5,5% do que em maio 

O prazo médio de recebimento do total da dívida também aumentou, atingindo os 318 dias, mais 25 dias do que em maio.

O relatório da Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica pode ser consultado aqui.

19tm33h
13 de Agosto de 2019
1933Pub3f19tm33h

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.10.2019

Investigação portuguesa comprova impacto da redução do consumo de sal na sa...

Um estudo inédito em Portugal concluiu que «a diminuição da ingestão de sal e o aumento da ingestão...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 Morrem prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição

Em 2016, morreram prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição do ar. A conclusã...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 USF modelo B: Regime retributivo «deve ser alargado a todos os profissiona...

O Conselho Consultivo da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN) considera, no q...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Médicos contestam manutenção de Marta Temido na pasta da Saúde

Após um ano marcado pela contestação, Marta Temido vê o seu mandato como ministra da Saúde renovado...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Hospitais que criarem mais pagamentos em atraso devem ser auditados

O economista Pedro Pita Barros sugere ao novo Governo, prestes a iniciar funções, que passe a public...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

Festival Mental 2019 é já em novembro, em Lisboa e Porto

Lisboa e Porto vão poder assistir ao Festival Mental em novembro.<br /> A inauguração é no dia 1 e...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.