Cerca de 1200 médicos podem ficar sem acesso à especialidade este ano

por Teresa Mendes | 13.08.2019

Previsão da Associação de Médicos pela Formação Especializada 
 A Associação de Médicos pela Formação Especializada (AMPFE) estima que este ano, o número de médicos que não irá conseguir aceder à formação especializada deverá ascender a 1200, avança o Jornal de Notícias desta segunda-feira.

A confirmarem-se estes dados, trata-se do valor mais elevado de sempre, confirmando o aumento do número de médicos «indiferenciados» que se regista desde 2015.

Em 2015, o número de candidatos sem vaga para especialidade foi de 114; em 2016 aumentou para 578 e em 2017 para 720.

Em 2018, foram mais de 1000 os médicos sem acesso à especialidade e, este ano, a tendência de subida deve manter-se, ficando a faltar cerca de 1200 vagas.

Apesar de o número de lugares disponíveis em hospitais e centros de saúde até ter aumentado - de 1649 para 1700 -, o défice de vagas vai voltar a agravar-se devido ao aumento do número de alunos que conclui os cursos de medicina e de outros profissionais que, não tendo conseguido ingressar na especialidade em anos anteriores, optam por repetir a Prova Nacional de Acesso.

A confirmar-se este cenário, o número de médicos sem especialidade pode atingir os 3500 profissionais.

19tm33g
13 de Agosto de 2019
1933Pub3f19tm33g

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.10.2019

Investigação portuguesa comprova impacto da redução do consumo de sal na sa...

Um estudo inédito em Portugal concluiu que «a diminuição da ingestão de sal e o aumento da ingestão...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 Morrem prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição

Em 2016, morreram prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição do ar. A conclusã...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 USF modelo B: Regime retributivo «deve ser alargado a todos os profissiona...

O Conselho Consultivo da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN) considera, no q...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Hospitais que criarem mais pagamentos em atraso devem ser auditados

O economista Pedro Pita Barros sugere ao novo Governo, prestes a iniciar funções, que passe a public...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

Festival Mental 2019 é já em novembro, em Lisboa e Porto

Lisboa e Porto vão poder assistir ao Festival Mental em novembro.<br /> A inauguração é no dia 1 e...

por Teresa Mendes | 15.10.2019

 Ordem dos Médicos anuncia regulamento aos Prémios Sopeam

A Ordem dos Médicos anunciou o regulamento dos Prémios da Sociedade Portuguesa de Escritores e Artis...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.