Ministra da Saúde defende reorganização das maternidades no país

21.08.2019

Está a ser revista a rede de saúde materna e obstétrica
 A ministra da Saúde defendeu, esta terça-feira, uma reorganização das maternidades do País, reconhecendo dificuldades nos serviços de Obstetrícia sobretudo em Lisboa e Vale do Tejo e na restante zona Sul do país, sobretudo nos períodos de férias.

«Nesta época, procurámos garantir que as faltas [de profissionais] são supridas com recurso a prestação de serviço», disse aos jornalistas à margem de uma inauguração em Lisboa, afirmando que foram autorizadas prestações de serviços médicos que vão além dos valores de referência estabelecidos em termos de pagamento a médicos prestadores de serviço.

Contudo, Marta Temido reconheceu que os problemas não podem ser resolvidos «apenas por essa via». «Estamos a estudar alternativas», afirmou, indicando que está a ser concluída a revisão da rede de saúde materna e obstétrica.

A ministra da Saúde defendeu, esta terça-feira, uma reorganização das maternidades do País, sobretudo na zona Sul 

Depois dessa revisão, o Governo pretende ter uma «intervenção mais objetiva na reorganização da oferta e redistribuição dos recursos humanos das zonas mais críticas».

«As dificuldades existem, mas não as podemos ultrapassar sem medidas de raiz», acrescentou, mas sem adiantar que tipo de reorganização pretende nas maternidades.

Além de «garantir mais contratações de médicos», Marta Temido apenas avança que é necessário «olhar para a malha da oferta» dos serviços de Obstetrícia.

19tm34L
21 de Agosto de 2019
1934Pub4f19tm34L

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.11.2019

 Luís Filipe Macedo é o novo diretor do Programa para as Doenças Cérebro-ca...

Luís Filipe Macedo, assistente hospitalar graduado sénior em Cardiologia do Centro Hospitalar Univer...

por Teresa Mendes | 18.11.2019

 Cuidados continuados com melhor resposta em 2018

Em 2018 registou-se um reforço no número de lugares de internamento nos cuidados continuados, com um...

por Teresa Mendes | 18.11.2019

 Entregues galardões das 63.ª edição dos Prémios Pfizer

Os avanços nas áreas do autismo e do cancro da mama foram distinguidos na 63.ª edição dos Prémios Pf...

por Teresa Mendes | 18.11.2019

 Ordem e sindicatos contra obrigatoriedade da permanência no setor público

O tema não é novo. No Programa do Governo já estava inscrita a «adoção de novos modelos de organizaç...

15.11.2019

Existem enormes disparidades na disponibilização dos fármacos inovadores

Há hospitais portugueses que chegam a demorar até quatro meses a disponibilizar medicamentos inovado...

por Teresa Mendes | 15.11.2019

 Lítio pode reverter os danos da radiação após o tratamento de tumores cere...

É sabido que as crianças que receberam radioterapia para um tumor cerebral podem vir a desenvolver p...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.