Facebook e Instagram vão prestar informação credível sobre vacinas 

por Teresa Mendes | 06.09.2019

Medida conta com o apoio da Organização Mundial de Saúde 
O Facebook e o Instagram vão passar a direcionar os utilizadores para informações credíveis sobre vacinação, informou a Organização Mundial da Saúde (OMS), que se congratula com este compromisso para melhorar a informação nas redes sociais.

«O Facebook vai direcionar milhões de utilizadores para informações precisas e de confiança sobre vacinas em diversas línguas, para assegurar que mensagens vitais de saúde chegam às pessoas de que precisam», refere o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, num comunicado divulgado esta quinta-feira.

Segundo a nota à Imprensa, a OMS e o Facebook têm estado durante «vários meses» em conversações para garantir o acesso a informação credível sobre vacinas nas redes sociais Facebook e Instagram.

«O Facebook vai direcionar milhões de utilizadores para informações precisas e de confiança sobre vacinas em diversas línguas, para assegurar que mensagens vitais de saúde chegam às pessoas de que precisam», refere o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus

A OMS acredita que o acesso a informação credível sobre vacinação pode reduzir a disseminação de informações erradas e distorcidas.

«A desinformação sobre vacinas é uma grande ameaça à saúde global e pode reverter décadas de progresso feito em doenças evitáveis», destaca o comunicado, exemplificando com casos como o sarampo, a cólera ou mesmo a gripe.

A OMS quer os «atores digitais» a realizar maiores esforços em prol da vacinação, lembrando que a inovação permite apoiar e impulsionar a comportamentos mais saudáveis. Paralelamente, o organismo apela aos governos dos vários países e ao setor da saúde que promovam «a confiança na vacinação».

19tm36s
06 de Setembro de 2019
1936Pub6f19tm36s

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Cancro de cabeça e pescoço mata três portugueses por dia

A Semana Europeia de Luta Contra o Cancro de Cabeça e Pescoço arrancou esta segunda-feira em Lisboa....

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Pelo menos 5 pessoas morrem a cada minuto devido a erros clínicos

No dia em que celebra o primeiro Dia Mundial para a Segurança do Doente (17 de setembro), a Organiza...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Só os neurónios mais viáveis sobrevivem no desenvolvimento do sistema nervo...

Ao contrário do pensado, não é o acaso que determina quais as células que irão formar o sistema nerv...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

16.09.2019

Bastonária da OE chama Miguel Guimarães para ser ouvido no caso da sindicân...

A bastonária da Ordem dos Enfermeiros (OE), Ana Rita Cavaco, quer incluir, como testemunhas, o ex-mi...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.