O Estado vai comparticipar a 100% leite adaptado para crianças alérgicas

por Teresa Mendes | 09.09.2019

Falta apenas um despacho com o preço máximo para medida avançar 
 O Estado vai comparticipar a 100% leite adaptado para crianças alérgicas, de acordo com a Portaria publicada hoje no Diário da República.
Contudo, a medida, que está prevista no Orçamento do Estado, fica ainda a aguardar por um despacho com o preço máximo para poder avançar. 

A Portaria que prevê a prescrição por pediatras nos hospitais públicos e dispensa exclusiva nas farmácias de oficina, estabelece então o regime excecional de comparticipação do Estado no preço das fórmulas elementares destinadas às crianças com alergia às proteínas do leite de vaca (APLV), enquanto beneficiárias do Serviço Nacional de Saúde.

«A dieta com eliminação completa de proteínas do leite de vaca através de alimentos com fins medicinais específicos é atualmente a estratégia mais segura para a gestão da APLV, devendo ser iniciada o mais precocemente possível após o diagnóstico.

O Estado vai comparticipar a 100% leite adaptado para crianças alérgicas, de acordo com a Portaria publicada hoje no Diário da República. Contudo, a medida, que está prevista no Orçamento do Estado, fica ainda a aguardar por um despacho com o preço máximo para poder avançar

Considerando as condições clínicas específicas de utilização das fórmulas elementares e o impacto da sua não utilização, é premente que o Estado possa assegurar o seu fornecimento sem custos para o doente», lê-se no diploma que pode ser consultado aqui.

19tm37c
09 de Setembro de 2019
1937Pub2f19tm37c

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Afinal, é a lei que limita fármacos inovadores a não ser perante risco imed...

Afinal, é a própria lei que limita as autorizações excepcionais para ter acesso aos fármacos inovado...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Cancro de cabeça e pescoço mata três portugueses por dia

A Semana Europeia de Luta Contra o Cancro de Cabeça e Pescoço arrancou esta segunda-feira em Lisboa....

por Teresa Mendes | 17.09.2019

 Pelo menos 5 pessoas morrem a cada minuto devido a erros clínicos

No dia em que celebra o primeiro Dia Mundial para a Segurança do Doente (17 de setembro), a Organiza...

por Teresa Mendes | 17.09.2019

Só os neurónios mais viáveis sobrevivem no desenvolvimento do sistema nervo...

Ao contrário do pensado, não é o acaso que determina quais as células que irão formar o sistema nerv...

por Teresa Mendes | 16.09.2019

 Profissionais estão a «deixar de acreditar nesta forma única de organizaçã...

Prestes a iniciar o quarto trimestre de 2019, altura em que deveria estar a ser realizada a transiçã...

16.09.2019

 «Queremos que o hospital saia de portas»

O Governo quer alargar a hospitalização domiciliária a todos os hospitais do Serviço Nacional de Saú...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.