A cada 40 segundos uma pessoa suicida-se no mundo

por Teresa Mendes | 10.09.2019

Suicídio mata mais do que o cancro da mama ou a guerra, diz relatório da OMS 
«Uma pessoa suicida-se no mundo a cada 40 segundos», salienta um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), a propósito do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, que é assinalado hoje, dia 10 de setembro.
Os casos são na sua maioria homens e são mais frequentes nos países desenvolvidos.

O suicídio é responsável por cerca de 800 mil mortes a cada ano, mais do que o cancro da mama, a malária, a guerra ou os homicídios, constituindo-se como um «importante problema de saúde pública global, que afeta todas as idades, sexos e regiões do mundo», destaca o documento que analisa dados de 2016.

«Toda morte é uma tragédia para a família, amigos e colegas. No entanto, os suicídios são evitáveis. Apelamos a todos os países para que incorporem planos de prevenção para o suicídio nos seus programas nacionais de saúde e educação», reforça o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, citado num comunicado daquele organismo.

O suicídio é responsável por cerca de 800 mil mortes a cada ano, mais do que o cancro da mama, a malária, a guerra ou os homicídios, constituindo-se como um «importante problema de saúde pública global, que afeta todas as idades, sexos e regiões do mundo» 

«Apesar de o número de países com estratégias nacionais de prevenção ao suicídio ter aumentado desde a publicação do primeiro relatório global da OMS sobre suicídio, há cinco anos, «são apenas 38 o número total de países com estratégias nesta área», sublinha o responsável.

Na faixa etária entre os 15 e os 29 anos, o suicídio surge como a segunda causa que mais mata, após os acidentes rodoviários.

Quando analisada a faixa de jovens até aos 19 anos, o suicídio passa a surgir em terceiro lugar nas causas de morte, após os acidentes de viação e apenas ligeiramente abaixo das mortes causadas por violência interpessoal.

Em todas as idades, o suicídio apresenta uma taxa maior nos homens do que nas mulheres, com uma média nos homens 1,8 vezes maior do que no sexo feminino.
O relatório da OMS mostra que entre 2010 e 2016 a taxa de suicídio decresceu globalmente quase 10%, mas salienta que essa descida não aconteceu em todos os países do mundo.

Portugal surge com uma taxa estimada de mortalidade de 14 por 100 mil habitantes, mas estes dados não são coincidentes com os números oficiais já divulgados pela Direção-Geral da Saúde, com base nas tabelas oficiais do Instituto Nacional de Estatística, que indicam uma taxa significativamente mais baixa, de 9,5 por 100 mil.

Fonte oficial da Direção-Geral da Saúde indicou à agência Lusa que estes dados agora divulgados pela OMS foram alvo de refutação imediata, podendo vir a ser analisados e corrigidos.

19tm37f
10 de Setembro de 2019
1937Pub3f19tm37f

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Zózimo Zorrinho | 10.07.2020

 «Alerta Doença Venosa»

Está em curso uma campanha de divulgação sob designação de «Alerta Doença Venosa», promovida pela  S...

por Zózimo Zorrinho | 10.07.2020

«Pandemia por SARS COV 2  e as respostas terapêuticas em estudo»

A pandemia por SARS COV 2  e as respostas terapêuticas em estudo bem como a garantia de segurança do...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Zózimo Zorrinho | 01.07.2020

Ministra da Saúde reconhece limitações na área da Saúde  Pública

A ministra da Saúde reconheceu esta quarta-feira limitações na área da saúde pública na Região de Li...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Estudo mostra em humanos como as células adiposas humanas são afetadas pela...

O conhecimento da forma como o tecido adiposo humano é afetado pela idade tem sido definido por nume...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Médicos de saúde pública defendem contratação «urgente» de mais profissiona...

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) defendeu esta quinta-feira...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.