A cada 40 segundos uma pessoa suicida-se no mundo

por Teresa Mendes | 10.09.2019

Suicídio mata mais do que o cancro da mama ou a guerra, diz relatório da OMS 
«Uma pessoa suicida-se no mundo a cada 40 segundos», salienta um relatório da Organização Mundial da Saúde (OMS), a propósito do Dia Mundial da Prevenção do Suicídio, que é assinalado hoje, dia 10 de setembro.
Os casos são na sua maioria homens e são mais frequentes nos países desenvolvidos.

O suicídio é responsável por cerca de 800 mil mortes a cada ano, mais do que o cancro da mama, a malária, a guerra ou os homicídios, constituindo-se como um «importante problema de saúde pública global, que afeta todas as idades, sexos e regiões do mundo», destaca o documento que analisa dados de 2016.

«Toda morte é uma tragédia para a família, amigos e colegas. No entanto, os suicídios são evitáveis. Apelamos a todos os países para que incorporem planos de prevenção para o suicídio nos seus programas nacionais de saúde e educação», reforça o diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus, citado num comunicado daquele organismo.

O suicídio é responsável por cerca de 800 mil mortes a cada ano, mais do que o cancro da mama, a malária, a guerra ou os homicídios, constituindo-se como um «importante problema de saúde pública global, que afeta todas as idades, sexos e regiões do mundo» 

«Apesar de o número de países com estratégias nacionais de prevenção ao suicídio ter aumentado desde a publicação do primeiro relatório global da OMS sobre suicídio, há cinco anos, «são apenas 38 o número total de países com estratégias nesta área», sublinha o responsável.

Na faixa etária entre os 15 e os 29 anos, o suicídio surge como a segunda causa que mais mata, após os acidentes rodoviários.

Quando analisada a faixa de jovens até aos 19 anos, o suicídio passa a surgir em terceiro lugar nas causas de morte, após os acidentes de viação e apenas ligeiramente abaixo das mortes causadas por violência interpessoal.

Em todas as idades, o suicídio apresenta uma taxa maior nos homens do que nas mulheres, com uma média nos homens 1,8 vezes maior do que no sexo feminino.
O relatório da OMS mostra que entre 2010 e 2016 a taxa de suicídio decresceu globalmente quase 10%, mas salienta que essa descida não aconteceu em todos os países do mundo.

Portugal surge com uma taxa estimada de mortalidade de 14 por 100 mil habitantes, mas estes dados não são coincidentes com os números oficiais já divulgados pela Direção-Geral da Saúde, com base nas tabelas oficiais do Instituto Nacional de Estatística, que indicam uma taxa significativamente mais baixa, de 9,5 por 100 mil.

Fonte oficial da Direção-Geral da Saúde indicou à agência Lusa que estes dados agora divulgados pela OMS foram alvo de refutação imediata, podendo vir a ser analisados e corrigidos.

19tm37f
10 de Setembro de 2019
1937Pub3f19tm37f

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 15.11.2019

 Apifarma celebra 80 anos com a presença da ministra da Saúde

As associações Alzheimer Portugal, de Apoio aos Traumatizados Crânio-Encefálicos e Suas Famílias, de...

15.11.2019

Existem enormes disparidades na disponibilização dos fármacos inovadores

Há hospitais portugueses que chegam a demorar até quatro meses a disponibilizar medicamentos inovado...

por Teresa Mendes | 15.11.2019

 Lítio pode reverter os danos da radiação após o tratamento de tumores cere...

É sabido que as crianças que receberam radioterapia para um tumor cerebral podem vir a desenvolver p...

por Teresa Mendes | 15.11.2019

«Esperança» é a protagonista da nova campanha da Pulmonale

O cancro do pulmão é um dos tumores malignos que mais mata. Contudo, é também um dos que mais tem be...

por Teresa Mendes | 14.11.2019

«A maior urgência do país não pode fechar», diz bastonário

Após uma visita esta quarta-feira ao hospital de Santa Maria, o bastonário da Ordem dos Médicos (OM)...

por Teresa Mendes | 14.11.2019

Infarmed alarga leque de fármacos com limitações à exportação

O Infarmed atualizou esta quarta-feira a lista de medicamentos abrangidos pela notificação prévia de...

por Teresa Mendes | 14.11.2019

 Portugal tem mais de 600 novos casos de diabetes por cada 100 mil habitant...

 Nos últimos três anos (2016 a 2018) continuou a verificar-se «um número muito elevado de novos caso...

por Teresa Mendes | 14.11.2019

 DGS cria Task-Force para as Infeções Sexualmente Transmissíveis (IST)

A Direção-Geral da Saúde (DGS) constituiu uma Task-Force para as Infeções Sexualmente Transmissíveis...

por Teresa Mendes | 13.11.2019

Centro Hospitalar de Leiria dispõe de um novo Serviço de Reumatologia

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) dispõe de um novo Serviço de Reumatologia, que visa a prestação...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.