Melhoria do SNS «cabe a todos»

por Teresa Mendes | 18.09.2019

Ministra identifica os desafios do Serviço Nacional de Saúde 
Melhorar a qualidade de acesso, motivar os profissionais e aumentar a sua produtividade e reforçar o investimento são os principais desafios do Serviço Nacional de Saúde (SNS) identificados pela ministra da Saúde, na sua intervenção na cerimónia de encerramento das comemorações dos 40 anos do SNS, que decorreram esta terça-feira no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra.

«Apesar da relevância do caminho percorrido e das suas conquistas, a forma mais importante de comemorar o 40.º aniversário do SNS será prepará-lo para o futuro. Ao longo dos últimos 40 anos a sociedade portuguesa modificou-se profundamente e essas modificações colocam novos desafios à sua organização», destacou a governante.
 
O primeiro desafio está relacionado «com o envelhecimento demográfico, com as alterações epidemiológicas e as multimorbilidades», apontou Marta Temido, referindo que esta conjugação de fatores tem gerado uma «procura crescente» na procura de cuidados de saúde.

«O SNS não é só um prestador de serviços, ele é sobretudo um instrumento de combate às desigualdades e de reforço da coesão social», cuja melhoria «cabe a todos», considerou Marta Temido 

Como tal, sublinhou, «a resposta a este desafio implica melhorar a qualidade de acesso, continuando o investimento nos cuidados de saúde primários, conferindo-lhes meios mais diferenciados para responder em proximidade às necessidades, em articulação com as autarquias, e apostando na redução das listas de espera e introdução de cuidados de literacia para a adoção de estilos de vida saudáveis».

Perante uma plateia com vários antigos ministros da saúde, Marta Temido alertou que «a capacidade de superar os desafios que o SNS enfrenta envolve compromissos de todos os actores».

Para a ministra da Saúde, «o SNS não é só um prestador de serviços, ele é sobretudo um instrumento de combate às desigualdades e de reforço da coesão social», cuja melhoria «cabe a todos».

Durante a sessão foi também apresentado o livro «40 anos do SNS», da autoria da antiga jornalista Maria Elisa Domingues, pelo antigo ministro do Trabalho e Segurança Social Bagão Félix e Isabel Soares.

A cerimónia incluiu ainda o lançamento do selo comemorativo dos 40 anos do SNS.

19tm38i
18 de Setembro de 2019
1938Pub4f19tm38i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 17.10.2019

Investigação portuguesa comprova impacto da redução do consumo de sal na sa...

Um estudo inédito em Portugal concluiu que «a diminuição da ingestão de sal e o aumento da ingestão...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 Morrem prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição

Em 2016, morreram prematuramente em Portugal quase 6 mil pessoas devido à poluição do ar. A conclusã...

por Teresa Mendes | 17.10.2019

 USF modelo B: Regime retributivo «deve ser alargado a todos os profissiona...

O Conselho Consultivo da Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN) considera, no q...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Médicos contestam manutenção de Marta Temido na pasta da Saúde

Após um ano marcado pela contestação, Marta Temido vê o seu mandato como ministra da Saúde renovado...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

 Hospitais que criarem mais pagamentos em atraso devem ser auditados

O economista Pedro Pita Barros sugere ao novo Governo, prestes a iniciar funções, que passe a public...

por Teresa Mendes | 16.10.2019

Festival Mental 2019 é já em novembro, em Lisboa e Porto

Lisboa e Porto vão poder assistir ao Festival Mental em novembro.<br /> A inauguração é no dia 1 e...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.