Profissionais estão «desmotivados e a deixar de acreditar» no modelo USF

por Teresa Mendes | 02.10.2019

USF-AN envia carta aberta aos ministros das finanças e da saúde
A Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN) enviou esta terça-feira, aos ministros das Finanças e da Saúde, uma carta aberta, que alerta para a «falta de financiamento na reforma dos Cuidados de Saúde Primários (CSP)», e mais concretamente para a «falta de aposta no modelo USF».

Na missiva, da qual também foi dado conhecimento às ordens dos Médicos e dos Enfermeiros, sindicatos profissionais e partidos políticos com capacidade para eleger deputados nas Legislativas 2019, aquela Associação destaca que a falta de financiamento nestes últimos anos tem sido uma constante, «assumindo-se de várias formas».

A não criação de USF de modelo B durante o ano de 2017 é um dos exemplos dados, mas não só. «Em 2018, várias USF ficaram a aguardar a sua progressão, apesar dos pareceres técnicos estarem conforme o exigido, devido à existência de cotas, as quais pretendemos que sejam abolidas», lê-se na carta aberta. 

Os profissionais, confrontados com a desigualdade salarial entre equipas que têm o mesmo desempenho, «começam a ficar desmotivados e a deixar de acreditar nesta forma única de organização, desempenho e discriminação positiva», lê-se na missiva 

Por fim, este ano, «os ministérios da Saúde e Finanças definiram que apenas após avaliação favorável das USF modelo B, 20 USF modelo A poderiam transitar para modelo B, durante o último trimestre de 2019».

Segundo informações do Ministério da Saúde, a citada avaliação já existe, contudo «não se conhecem os resultados e relatório da mesma, dada a sua complexidade, que, nesta fase, ainda se encontra em análise».

«Estes factos e atrasos comprometem seriamente a reforma dos CSP, bem como a atribuição de médicos de família a todos os portugueses. Para além disto, esta situação prejudica fortemente as equipas com parecer técnico favorável à evolução para modelo B», avisa a USF-AN. 

Também os profissionais, confrontados com a desigualdade salarial entre equipas que têm o mesmo desempenho, «começam a ficar desmotivados e a deixar de acreditar nesta forma única de organização, desempenho e discriminação positiva», lê-se na missiva, que apela ao atual Governo «tenha em conta os ganhos em saúde que as USF trazem para o SNS e para os cidadãos, criando condições para se evoluir para a cobertura nacional em USF de modelo B».

A carta aberta está disponível na íntegra aqui.

19tm40i
02 de Outubro de 2019
1940Pub4f19tm40i

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

 Impacto da COVID-19 nos Sistemas de Saúde dos PALOP 

 «Conhecer, Organizar, Vencer, Investigar e Diagnosticar» é o lema do ciclo de WebSeminars, organiza...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Zózimo Zorrinho | 01.07.2020

Ministra da Saúde reconhece limitações na área da Saúde  Pública

A ministra da Saúde reconheceu esta quarta-feira limitações na área da saúde pública na Região de Li...

por Zózimo Zorrinho | 01.07.2020

​ Candidaturas ao Prémio Saúde Sustentável 2020 já estão abertas

Estão abertas, a partir de hoje, as candidaturas para a nona edição do Prémio Saúde Sustentável.  Es...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Estudo mostra em humanos como as células adiposas humanas são afetadas pela...

O conhecimento da forma como o tecido adiposo humano é afetado pela idade tem sido definido por nume...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Médicos de saúde pública defendem contratação «urgente» de mais profissiona...

O presidente da Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública (ANMSP) defendeu esta quinta-feira...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.