Médicos do Garcia de Orta já fizeram o dobro das horas extra permitidas por lei

por Teresa Mendes | 31.10.2019

Ordem dos Médicos escreve carta ao conselho de administração do hospital
Os chefes das equipas de urgência do Hospital Garcia de Orta, em Almada, sem condições para garantir a qualidade dos cuidados, apelaram à intervenção da Ordem dos Médicos (OM).
Esta quarta-feira, o organismo escreveu uma carta ao conselho de administração (CA), na qual salienta que estes profissionais já ultrapassaram, em dobro, o número máximo de horas extra permitido por lei.

Na missiva dirigida ao CA do Hospital Garcia de Orta, o bastonário da OM dá conta da «profunda preocupação» com a tomada de posição dos chefes do serviço de urgência geral e dos especialistas de Medicina Interna daquele hospital, sublinhando que «os profissionais que asseguram a urgência já acumularam, em média, mais de 300 horas de trabalho extra este ano, ultrapassando em dobro o número máximo permitido por lei».

Recorde-se que os médicos escreveram à OM a manifestar a sua indignação «perante a situação crítica que vivem nos respetivos serviços», referindo que estão «no limite da capacidade de resposta» e que está «altamente comprometida a segurança do doente e a qualidade do atendimento» à população.

A Ordem dos Médicos escreveu uma carta ao conselho de administração do Hospital Garcia de Orta, na qual salienta que estes profissionais já ultrapassaram, em dobro, o número máximo de horas extra permitido por lei 

«Os próprios profissionais mostram-se conscientes do risco que esta situação representa para a população», indica a OM na carta escrita à administração do Garcia de Orta, divulgada pela agência Lusa.

Este alerta surge numa altura em que a Urgência Pediátrica do Garcia de Orta funciona com constrangimentos.
O serviço esteve encerrado este fim de semana, pela terceira vez. A situação, admite a administração do hospital, deve manter-se por mais seis meses.

19tm44o
31 de Outubro de 2019
1944Pub5f19tm44o

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 14.02.2020

Trabalho nas juntas médicas pode comprometer resposta ao coronavírus

Ordem dos Médicos, sindicatos e Associação Nacional dos Médicos de Saúde Pública estão preocupados c...

14.02.2020

Exportações em Saúde atingem um máximo histórico de 1,5 mil milhões de euro...

As exportações portuguesas em Saúde atingiram um novo recorde de cerca de 1,5 mil milhões de euros,...

por Teresa Mendes | 14.02.2020

 Governo aprova nova PPP no Hospital de Cascais

O Bloco de Esquerda (BE) considera que a decisão do Governo de avançar para uma nova parceria públic...

por Teresa Mendes | 14.02.2020

 Gabinete de segurança para profissionais de saúde coordenado por oficial d...

Foi publicado esta quinta-feira o despacho que cria o Gabinete de Segurança para a Prevenção e o Com...

por Teresa Mendes | 13.02.2020

 VIII Congresso Científico ANL debate preocupações da Medicina Laboratorial

Vai decorrer, nos dias 29 e 30 de maio, no Centro de Congresso de S. Rafael, no Algarve, o VIII Cong...

por Teresa Mendes | 13.02.2020

 Enfarte do miocárdio atinge 15 mil portugueses todos os anos

Nas vésperas do Dia Nacional do Doente Coronário, que se assinala a 14 de fevereiro, a Sociedade Por...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.