Conferência «Rede Médicos Sentinela – uma Rede com História»

por Teresa Mendes | 06.11.2019

Iniciativa decorre no dia 28 de novembro, na sede do Insa 
 O Instituto Nacional de Saúde Doutor Ricardo Jorge (Insa) promove, no dia 28 de novembro, no seu auditório em Lisboa, a Conferência «Rede Médicos-Sentinela: uma Rede com História». A iniciativa tem como principal objetivo «dar a conhecer o percurso e evolução da Rede Médicos-Sentinela aos atuais médicos sentinelas e aos profissionais da área da saúde».

A Conferência pretende ainda «estabelecer um paralelo entre a evolução de Portugal nas últimas três décadas, o aparecimento, crescimento e evolução da Rede e perspetivar a sua evolução no âmbito dos atuais desafios sociais», lê-se numa nota de divulgação publicada no site do Insa. 

Criada em 1989, a Rede Médicos-Sentinela é um instrumento de observação em saúde que tem como principais objetivos fazer investigação clínica, estimar taxas de incidência anuais de algumas doenças e contribuir para a vigilância epidemiológica da população portuguesa. 

A iniciativa tem como principal objetivo «dar a conhecer o percurso e evolução da Rede Médicos-Sentinela aos atuais médicos sentinelas e aos profissionais da área da saúde». 

Esta rede é constituída por médicos de Medicina Geral e Familiar de Portugal Continental e das Regiões Autónomas dos Açores e Madeira, que a integram a título voluntário.

Os dados obtidos têm ajudado a desenvolver a componente clínica da vigilância integrada da gripe e contribuído para as estimativas de incidência de vários problemas de saúde dos portugueses como a diabetes mellitus, o acidente vascular cerebral ou depressão.

As taxas de incidência estimadas são «em muitas situações os únicos dados de incidência relativos a estes problemas de saúde disponíveis no nosso país, razão pela qual algumas das situações se têm mantido em notificação ao longo do tempo, aportando um importante contributo à vigilância epidemiológica», destaca o Insa.

A participação no evento é gratuita, mas carece de inscrição prévia através do preenchimento do seguinte formulário

Para mais informações, consultar o programa disponível aqui.

19tm45j
06 de Novembro de 2019
1945Pub4f19tm45j

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 14.11.2019

«A maior urgência do país não pode fechar», diz bastonário

Após uma visita esta quarta-feira ao hospital de Santa Maria, o bastonário da Ordem dos Médicos (OM)...

por Teresa Mendes | 14.11.2019

Infarmed alarga leque de fármacos com limitações à exportação

O Infarmed atualizou esta quarta-feira a lista de medicamentos abrangidos pela notificação prévia de...

por Teresa Mendes | 14.11.2019

 Portugal tem mais de 600 novos casos de diabetes por cada 100 mil habitant...

 Nos últimos três anos (2016 a 2018) continuou a verificar-se «um número muito elevado de novos caso...

por Teresa Mendes | 14.11.2019

 DGS cria Task-Force para as Infeções Sexualmente Transmissíveis (IST)

A Direção-Geral da Saúde (DGS) constituiu uma Task-Force para as Infeções Sexualmente Transmissíveis...

por Teresa Mendes | 13.11.2019

Centro Hospitalar de Leiria dispõe de um novo Serviço de Reumatologia

O Centro Hospitalar de Leiria (CHL) dispõe de um novo Serviço de Reumatologia, que visa a prestação...

por Teresa Mendes | 13.11.2019

 «Quando a cabeça não tem juízo» é mote de campanha nacional contra a diabe...

«Quando a cabeça não tem juízo» é o tema da campanha digital que vai ser lançada esta quinta-feira e...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.