FPP defende a «subida do escalão da comparticipação vacina antipneumocócica»

por Teresa Mendes | 12.11.2019


Dia Mundial da Pneumonia
No Dia Mundial da Pneumonia, que se assinala hoje (12 de novembro), a Fundação Portuguesa do Pulmão (FPP) defende «a subida do escalão da comparticipação vacina antipneumocócica» e que «se estenda a sua gratuitidade a todos os doentes com doenças respiratórias crónicas e, tal como acontece com a gripe, a todas as pessoas com idade igual ou superior a 65 anos».

Para a FPP, «os custos inerentes a estas medidas deverão ser considerados como um investimento largamente compensador, em virtude dos casos de pneumonia que se evitarão e dos elevadíssimos custos diretos e indiretos associados a esta doença», lê-se num comunicado divulgado no seu site.

A atual situação epidemiológica desta doença merece a preocupação dos especialistas, registando a FPP, que existem «110 internamentos diários por pneumonia apenas no Serviço Nacional de Saúde», e que «15 doentes morrem todos os dias por pneumonia, registando-se uma morte a cada 93 minutos». 

A Fundação Portuguesa do Pulmão defende «a subida do escalão da comparticipação vacina antipneumocócica» e que «se estenda a sua gratuitidade a todos os doentes com doenças respiratórias crónicas e, tal como acontece com a gripe, a todas as pessoas com idade igual ou superior a 65 anos» 

«A pneumonia perfila-se como uma das doenças mais letais para os portugueses. Igualmente, a nível da União Europeia, Portugal tem-se posicionado entre os países com maior taxa de mortalidade, com valores bem acima do respetivo valor médio», alerta esta Fundação, sublinhando que «sendo a pneumonia uma doença tão prevalente e letal entre nós, «importa implementar e generalizar as medidas preventivas possíveis», nomeadamente aumentar os níveis da vacinação antipneumocócica.
    
19tm46h
12 de Novembro de 2019
1946Pub3f19tm46h

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 27.03.2020

 Ordens da saúde pedem ao primeiro-ministro reforço da proteção dos profiss...

As ordens dos Médicos, dos Farmacêuticos e dos Enfermeiros enviaram esta quarta-feira uma carta aber...

por Teresa Mendes | 27.03.2020

Conselho de Escolas Médicas Portuguesas defende realização maciça de testes

O Conselho de Escolas Médicas Portuguesas (CEMP) defende o uso generalizado de máscaras pela comunid...

por Teresa Mendes | 27.03.2020

ARSLVT abre 35 áreas dedicadas à Covid-19 nos cuidados saúde primários

Atendendo ao alargamento progressivo da expressão geográfica da pandemia Covid-19 em Portugal, e ten...

por Teresa Mendes | 27.03.2020

Apifarma cria linha de apoio financeiro para profissionais de saúde

A Associação Portuguesa da Indústria Farmacêutica (Apifarma), em articulação com a Ordem dos Médicos...

por Teresa Mendes | 26.03.2020

 Internos de MGF pedem «suspensão de todos os estágios e formações hospital...

Os internos de Medicina Geral e Familiar (MGF) pedem, em comunicado conjunto das associações e comis...

por Teresa Mendes | 26.03.2020

 «Há outras vidas a salvar», alerta Carlos Cortes

Devido ao foco na pandemia por Covid-19, os doentes oncológicos «estão a ficar para trás» e a ativid...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.