Menos de metade dos médicos no público trabalha em exclusividade

por Teresa Mendes | 21.11.2019

Regime de trabalho foi extinto em 2009 
Menos de metade dos médicos que trabalham nos hospitais públicos estão em regime de exclusividade, revelam os dados da Administração Central dos Serviços de Saúde (ACSS). Em junho deste ano, apenas 5604 dos 13052 médicos no setor empresarial do Estado, o que representa 49,2% deles, estava em exclusividade.

O número não contabiliza os internos nem os médicos em parcerias público-privadas.

Em junho deste ano, apenas 5604 dos 13052 médicos no setor empresarial do Estado, o que representa 49,2% deles, estava em exclusividade

A notícia foi avançada esta quinta-feira pelo Jornal de Notícias, numa altura em que o regime de dedicação exclusiva volta a estar em discussão como forma de combater a falta de médicos no Serviço Nacional de Saúde (SNS).

Segundo esse regime, extinto em 2009, os médicos hospitalares podiam trabalhar até 42 horas semanas com um aumento salarial de 25%. 

Ainda segundo aquele jornal, para a ministra da Saúde, Marta Temido, o regresso da exclusividade pode aumentar a produtividade.

Contudo, essa é uma opinião não partilhada pelo ministro das Finanças, Mário Centeno, que prefere apostar na melhoria da gestão dos hospitais.
    
19tm47p
21 de Novembro de 2019
1947Pub5f19tm47p

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

29.07.2020

Quer o Senhor Ministro formar mais médicos sem as condições adequadas que g...

A plataforma para a formação médica em Portugal  manifesta o seu desagrado e discordância com as dec...

por Zózimo Zorrinho | 16.07.2020

COVID-19: Testes revelam presença de anticorpos em apenas 1,5% dos membros...

«A testagem de 2571 membros da comunidade académica da Universidade de Lisboa (ULisboa), mostrou a p...

14.07.2020

«Cardiologia»,  uma colecção para profissionais de saúde

«Cardiologia»,  é o título genérico de uma colecção para profissionais de saúde, lançada na próxima...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

Recomendação da vacinação antipneumocócica pela SPEDM

«Foi com enorme satisfação que o Movimento Doentes Pela Vacinação (MOVA) recebeu a notícia da recome...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva» 

20zz29a – TM – 2603 c.<br /> <br /> SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva em Risco Cardiovascul...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.