Já são conhecidas as 20 USF que transitam para modelo B

por Teresa Mendes | 02.12.2019

Despacho publicado na véspera do 11.º Encontro Nacional das USF 
A medida esperada há muito pelos profissionais das Unidades de Saúde Familiar concretizou-se.
Esta sexta-feira foi publicado o despacho que identifica as 20 USF que transitam do modelo A para o modelo B, com efeitos a 1 de dezembro de 2019. A maioria situa-se na Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo (7), seguindo-se a ARS do Centro (6), do Norte (5) e do Alentejo (2).

Recorde-se que o anúncio com a indicação do número de USF (20) a transitar de modelo foi publicado em fevereiro de 2019.

Este anúncio coincidiu com o 11.º Encontro Nacional das Unidades de Saúde Familiar, que decorreu este fim-de-semana em Almada, no qual a ministra da Saúde afirmou que é «objetivo continuar a investir na resolutividade dos cuidados de saúde primários, conferindo-lhe meios mais diferenciados para responder em proximidade às necessidades dos portugueses, muitas vezes em articulação com as autarquias».

Foi publicado o despacho que identifica as 20 USF que transitam do modelo A para o modelo B, com efeitos a 1 de dezembro de 2019. A maioria situa-se na Administração Regional de Saúde (ARS) de Lisboa e Vale do Tejo (7), seguindo-se a ARS do Centro (6), do Norte (5) e do Alentejo (2) 

Na sua intervenção, Marta Temido sublinhou que «a saúde é uma rede integrada que valoriza a articulação dos diversos níveis de cuidados, sendo os Cuidados de Saúde Primários a base da nossa atuação» e que as USF se assumem como os centros decisivos desta rede.

A governante disse ainda considerar que «a atividade das USF deve ser orientada no sentido de uma maior colaboração com as restantes respostas do Serviço Nacional de Saúde (SNS), promovendo maior eficiência», sendo que «um dos desafios desta legislatura é melhorar a articulação com os outros níveis de cuidados», acrescentando que «todos têm um papel a desempenhar».

As USF que transitaram para o modelo B foram as seguintes:

ARS Norte

USF São Tomé.
USF Aves Saúde.
USF Carvalhido.
USF Nordeste.
USF Aliança.

ARS Centro

USF Terras do Antuã.
USF Coimbra Sul.
USF Rainha Santa Isabel.
USF Terras de Azurara.
USF Araceti.
USF Mondego.

ARS Lisboa e Vale do Tejo

USF S. Martinho de Alcabideche.
USF S. João do Estoril.
USF Oriente.
USF Almonda.
USF Planalto.
USF Emergir.
USF da Baixa.

ARS Alentejo

USF Portus Alacer.
USF Sol.


19tm49b
02 de Dezembro de 2019
1949Pub2f19tm49b

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 18.02.2020

«Governo menospreza a negociação com os sindicatos médicos»

Os sindicatos médicos saíram esta segunda-feira desiludidos da primeira reunião negocial com a tutel...

por Teresa Mendes | 18.02.2020

 Eutanásia «viola a relação médico-doente», reafirma Miguel Guimarães

A Ordem dos Médicos (OM) voltou esta segunda-feira a manifestar-se contra a prática da eutanásia, ar...

por Teresa Mendes | 18.02.2020

USF da Alta de Lisboa e Alto dos Moinhos concluídas dentro de ano e meio

A ministra da Saúde lançou esta segunda-feira a primeira pedra das novas unidades de saúde familiar...

por Teresa Mendes | 17.02.2020

 Generalização do modelo USF? Sim, mas mantendo os critérios diferenciadore...

A Associação Nacional das Unidades de Saúde Familiar (USF-AN) diz-se satisfeita com a intenção do pr...

por Teresa Mendes | 17.02.2020

 Utilização de medicamentos para o controlo da diabetes aumentou 44%

A utilização de medicamentos para o controlo da diabetes aumentou 44% entre 2009 e 2018. O consumo c...

por Teresa Mendes | 17.02.2020

1.º Congresso Internacional de Cuidados Continuados e Paliativos 

  O Centro de Estudos e Desenvolvimento de Cuidados Continuados e Paliativos (CEDCCP) da Faculdade d...

por Teresa Mendes | 17.02.2020

 Doença renal crónica, uma ameaça crescente contra a saúde pública global

A taxa de mortalidade por doença renal crónica (DRC) deve aumentar nos próximos anos, a menos que ma...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.