Médicos de Medicina Interna são insuficientes para manter o SU dos HUC

por Teresa Mendes | 05.12.2019

SRCOM alerta para a situação «incomportável» e de «extrema gravidade»
Vinte médicos especialistas em Medicina Interna enviaram declaração de responsabilidade à Ordem dos Médicos (OM) face à escassez das equipas nas urgências dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), denuncia a Seção Regional do Centro da OM (SRCOM).

Num comunicado, publicado esta quarta-feira, a SRCOM alerta para a situação «incomportável» e de «extrema gravidade» no Serviço de Urgência (SU) dos Hospitais da Universidade de Coimbra (HUC), «face às dificuldades em cumprir a escala de Medicina Interna».

As recomendações técnicas da OM estipulam uma escala diária com um mínimo de cinco especialistas em Medicina Interna para este SU.

Mas, «atualmente, e ao arrepio dessa recomendação, apenas estão três médicos internistas», lê-se na nota à Imprensa. «Para piorar a situação, a partir do dia 14 deste mês, numa das épocas mais críticas de afluência ao SU, a equipa ficará reduzida para dois médicos internistas», acrescenta o comunicado.

A Secção Regional do Centro da OM alerta para a situação «incomportável» e de «extrema gravidade» no Serviço de Urgência dos Hospitais da Universidade de Coimbra, face às dificuldades em cumprir a escala de Medicina Interna

Desde o início da semana que a OM está a receber declarações de responsabilidade dos médicos da urgência «devido a esta inédita carência de recursos humanos», informa ainda a SRC, acrescentando que «o excesso de trabalho, neste mês em que a afluência ultrapassa em muito a média diária anual, poderá conduzir à exaustão das equipas e à falência assistencial».

A SRCOM lamenta que a política de contratação de recursos humanos médicos para os HUC seja «um absoluto desastre, agravada pela péssima planificação de recursos humanos levada a cabo pelo Ministério da Saúde».

19tm49o
05 de Dezembro de 2019
1949Pub5f19tm49o

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

por Teresa Mendes | 24.01.2020

Falta qualidade nos dados nos registos de saúde em Portugal

Documentação incompleta, indisponibilidade de materiais e recursos para auxiliar o processo de codif...

por Teresa Mendes | 24.01.2020

 USF Cortes de Almeirim dá médico de família a 2000 utentes

Foi inaugurada esta sexta-feira, a Unidade de Saúde Familiar (USF) Cortes de Almeirim. A cerimónia c...

por Teresa Mendes | 24.01.2020

Poderemos vir a ser amortais?»

A presidente do Instituto de Medicina Molecular, Maria Carmo-Fonseca, é a oradora da próxima FMUL Ta...

por Teresa Mendes | 23.01.2020

 Deixar de fumar um mês antes de uma cirurgia permite melhor recuperação

Os fumadores que deixem de fumar pelo menos um mês antes de uma cirurgia têm menores probabilidades...

23.01.2020

Coronavírus: Portugal activa os dispositivos de saúde pública de prevenção

Portugal já ativou os dispositivos de saúde pública de prevenção ao coronavírus proveniente da China...

por Teresa Mendes | 22.01.2020

 Sindicato denuncia falta de recursos humanos nas maternidades de Coimbra

 O Sindicato dos Médicos da Zona Centro (SMZC) considerou esta terça-feira, após uma visita às mater...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.