Miguel Guimarães é o único candidato a bastonário da OM

por Teresa Mendes | 08.01.2020

Programa de candidatura inclui defesa de 50 causas 
O actual bastonário da Ordem dos Médicos (OM) vai recandidatar-se a um segundo mandato nas eleições para a OM para o triénio 2020/2022, que decorrem no próximo dia 16 de janeiro. Miguel Guimarães é o único candidato.

«Recandidato-me a bastonário para escutar, representar, honrar, defender e liderar os médicos, na defesa dos doentes e da qualidade da Medicina e da Saúde», lê-se no seu programa de candidatura, publicado no site do organismo.

«A proposta que apresento ao escrutínio da classe médica é a síntese das perspetivas e ambições relativamente ao papel que a OM deve desempenhar, respondendo aos importantes desafios que se colocam à Medicina portuguesa e contribuindo para que a Ordem se aproxime das expectativas e necessidades dos seus associados», continua Miguel Guimarães.

No documento, o responsável assume como compromissos defender várias causas (no total são 50 assuntos enumerados), entre as quais «estender a Carreira médica aos setores privado e social», «defender a redução faseada das listas de utentes por médico de família», «diminuir a excessiva carga burocrática e as tarefas administrativas atribuídas aos médicos», a defesa da «relação médico-doente como candidata a património cultural imaterial da Humanidade» ou «exigir ao Ministério da Saúde a integração das várias aplicações informáticas, simplificando processos, e o investimento em equipamentos».

«Recandidato-me a bastonário para escutar, representar, honrar, defender e liderar os médicos, na defesa dos doentes e da qualidade da Medicina e da Saúde», lê-se no seu programa de candidatura de Miguel Guimarães 

Para os conselhos regionais da OM, Carlos Cortes assume a recandidatura no Conselho Regional do Centro.
Também António Araújo renova a sua candidatura para o Conselho Regional do Norte.
Já no Conselho Regional do Sul surgem duas listas candidatas: a lista A, encabeçada por Paulo Valejo Coelho, e a lista M, do atual presidente Alexandre Valentim Lourenço, que se recandidata.

Todas as informações sobre o ato eleitoral e os candidatos aqui.

20tm02e
07 de Janeiro de 2020
2002Pub3f20tm02e

Publicada originalmente em www.univadis.pt

E AINDA

29.07.2020

Quer o Senhor Ministro formar mais médicos sem as condições adequadas que g...

A plataforma para a formação médica em Portugal  manifesta o seu desagrado e discordância com as dec...

por Zózimo Zorrinho | 16.07.2020

COVID-19: Testes revelam presença de anticorpos em apenas 1,5% dos membros...

«A testagem de 2571 membros da comunidade académica da Universidade de Lisboa (ULisboa), mostrou a p...

14.07.2020

«Cardiologia»,  uma colecção para profissionais de saúde

«Cardiologia»,  é o título genérico de uma colecção para profissionais de saúde, lançada na próxima...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

Recomendação da vacinação antipneumocócica pela SPEDM

«Foi com enorme satisfação que o Movimento Doentes Pela Vacinação (MOVA) recebeu a notícia da recome...

por Zózimo Zorrinho | 13.07.2020

SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva» 

20zz29a – TM – 2603 c.<br /> <br /> SPMI cria «Prémio Pedro Marques da Silva em Risco Cardiovascul...

por Zózimo Zorrinho | 02.07.2020

Filme «Saúde Digestiva by SPG»

A Sociedade Portuguesa de Gastrenterologia (SPG) está a divulgar o filme «Saúde Digestiva by SPG».<b...

por Teresa Mendes | 30.06.2020

Miguel Pavão é o novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas 

 Miguel Pavão é novo bastonário da Ordem dos Médicos Dentistas (OMD), sucedendo a Orlando Monteiro d...

por Teresa Mendes | 29.06.2020

Fnam teme colapso dos serviços de saúde durante previsível nova vaga de SAR...

A Federação Nacional dos Médicos (Fnam) está preocupada com a ausência de medidas concretas e urgent...

por Teresa Mendes | 26.06.2020

Portugal adquire dois milhões de vacinas contra a gripe

Portugal já garantiu a aquisição de dois milhões de vacinas contra a gripe, revelou esta quarta-feir...

A reprodução total ou parcial deste site é proibida,
excepto se autorizada expressa e previamente pela Impremédica, Imprensa Médica, Lda.,
nos termos da legislação em vigor.